Drops Históricos #51: Sua dose semanal de História aqui no Mega
42
Compartilhamentos

Drops Históricos #51: Sua dose semanal de História aqui no Mega

Último Vídeo

Com quantos tico-ticos no fubá se faz uma grande estrela de Hollywood? Ela pode não ser mais tão conhecida entre os jovens brasileiros, mas Carmen Miranda é, até hoje, um dos maiores símbolos da cultura brasileira internacionalmente reconhecidos e, sem dúvida, é uma das mais impactantes atrizes e cantoras do País. Há quase 80 anos, em um dos dias desta semana, ela deixou as impressões de suas mãos na Calçada da Fama, sendo a única artista brasileira a ter feito isso até hoje.

Mas nem só de frutas na cabeça e de um rebolado único se faz a semana das águas de março que fecham o verão. Hoje você lerá sobre episódios como o fim da Lei do Selo e saberá mais sobre a Teoria da Relatividade de Einstein e a descoberta de Plutão, entre outros fatos importantes do passado. Chega mais!

18 de março

1766: Lei do Selo é revogada nos Estados Unidos

Em 1765, o Parlamento Inglês decretou que todo documento que circulasse na colônia deveria ter um selo da metrópole, uma medida para angariar dinheiro para os cofres do país e financiar a Guerra dos Sete Anos. A medida causou revolta entre os estadunidenses e, 1 ano depois, durante a Revolução Americana, foi finalmente revogada.

19 de março

1915: Plutão é avistado pela primeira vez

Foto: NASA

Plutão é provavelmente o astro com maior crise de identidade. Ele não é mais considerado um planeta e, embora possa ser estranho para quem cresceu aprendendo que o Sistema Solar tem nove planetas, e não oito, também não era assim logo no começo do século passado.

Neste dia, em 1915, Plutão foi fotografado pela primeira vez, mas não foi reconhecido como planeta. Acreditava-se, na época, que era apenas um astro nanico.

20 de março

1915: Teoria da Relatividade

Foi toda uma década de trabalho até que Albert Einstein finalmente publicasse o estudo que mudou os rumos da humanidade e contribuiu para a melhor compreensão da física: a Teoria da Relatividade Geral.

Em 1905, o alemão determinou que as leis da física são as mesmas para todos os observadores estáticos. Ao longo da década seguinte, ele estudou para incluir a aceleração na teoria inicial, de forma que a versão de 1915 mostra que objetos massivos causam uma distorção no espaço-tempo, algo que conhecemos hoje como gravidade.

21 de março

1800: Papa com chapéu de papel machê

Foto: Wikimedia Commons

Barnaba Niccolò Maria Luigi Chiaramonti foi nomeado papa no dia 14 de março de 1800, tempos que não eram exatamente tranquilos, em que a Europa vivia uma de suas tantas guerras. Na época, as lideranças católicas haviam sido impedidas de permanecer em Roma por conta de um conflito armado que tomou conta da cidade; ao ser nomeado, o novo papa, que adotou o nome de Pio VII, não pôde entrar na capital italiana para ser entronado.

Por conta disso, sua coroação, em 21 de março, foi realizada em Veneza, utilizando uma tiara provisória, bem mais humilde do que costuma ser a cerimônia de posse do papa: a coroa era feita de papel machê. No fim, Pio VII acabou sendo bastante decisivo na história da humanidade, e passou boa parte do seu pontificado em conflito com Napoleão Bonaparte por seus avanços contra a Itália.

22 de março

1895: Primeira exibição dos irmãos Lumière

Foto: Domínio Público

Foi no porão do Grand Café, em Paris, em dezembro de 1895, que Auguste e Louis Lumière fizeram a histórica exibição de cinema que é considerada a primeira de todas, oficialmente. Os dois já haviam iniciado a carreira de cinematógrafos meses antes e em 22 de março daquele mesmo ano fizeram a primeira apresentação da tecnologia que haviam desenvolvido. Essa, no entanto, não foi comercial.

Os irmãos Lumière filmaram trabalhadores deixando uma fábrica depois de um dia de trabalho e exibiram os vídeos na Société d’Encouragement pour l’Industrie Nationale (Sociedade de Incentivo à Indústria Nacional), em Paris.

23 de março

1857: Primeiro elevador do mundo é instalado em Nova York

A ideia de usar plataformas para carregar coisas e pessoas para cima e para baixo não é nova para a humanidade — é provável que tenha sido assim que as pirâmides foram construídas. Mas os elevadores prediais como conhecemos hoje foram uma invenção de um rapaz chamado Elisha Graves Otis, que em 1853 fundou a Otis Elevadores, companhia que existe até hoje.

Os primeiros dispositivos foram vendidos no mesmo ano, a um precinho camarada de 300 dólares. A instalação oficial aconteceu em 23 de março de 1857, no edifício de cinco andares em que ficava uma loja de departamentos, na Broome Street, onde hoje está o distrito Soho, em Nova York.

24 de março

1941: Carmem Miranda ganha o mundo

Foto: Reprodução do anúncio no Billboard 1943 Music Yearbook

Uma brasileira que tinha muito tico-tico no fubá, Carmen Miranda foi a primeira e única artista do Brasil a deixar sua marca na galeria mais famosa do mundo, a Calçada da Fama, na região da Hollywood Boulevard, em Los Angeles. Àquela altura, ela já havia conquistado o mundo com a sua voz, levando as cores, o tropicalismo e o samba brasileiros para a TV mundial.

Chegando a Nova York em maio de 1939, a artista se apresentou na Broadway em pleno ano de queda da bolsa, ajudando a garantir a manutenção do público nos teatros. Carmen ganhou espaço nas rádios, teve a sua história registrada no filme "Serenata Tropical" e fez sucesso em Hollywood. Estrelou 8 dos 14 filmes dos quais participou e em 1945 chegou a ser a atriz mais bem paga dos Estados Unidos.

Ela morreu uma década depois disso, vítima de um ataque cardíaco em sua casa em Beverly Hills.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.