Seja o primeiro a compartilhar

Milton Santos: brasileiro é considerado um dos maiores geógrafos do mundo

Responda rápido: o que é estudado na Geografia? Na escola, você deve ter aprendido que essa palavra vem do grego e que “geo” significa Terra e “grafia” escrita ou descrição. Então, geografia seria o “estudo da Terra”, certo? De certa maneira, sim. Contudo, um brasileiro ia além dessa descrição e isso fez com que ele mudasse a forma como o mundo via essa ciência.

Esse brasileiro era Milton Santos, cientista e jornalista que nasceu em 03/05/ 1926, na cidade de Brotas de Macaúbas, interior da Bahia. Milton nasceu com o privilégio de ter pais e avós maternos professores do primário. Por isso, ele foi alfabetizado pelos seus pais, que também lhe ensinaram francês e conceitos de álgebra.

Ao completar 10 anos, o menino Milton foi morar na capital para estudar no internato Instituto Baiano de Ensino. Aos 13 anos, ele já lecionava Matemática para os colegas. Aos 15, dava aulas de Geografia no internato. O que despertou o seu interesse por essa matéria foram as aulas do professor Oswaldo Imbassahy.

Reprodução: site Milton SantosReprodução: site Milton Santos

Vida adulta

Aos 18 anos, Milton entrou para a faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia, mas nunca exerceu a advocacia. Ele se mudou para Ilhéus para dar aulas de Geografia em uma escola pública. Também foi correspondente do jornal baiano A Tarde. Em 1956, ele começou a dar aulas na Universidade Católica de Salvador. Na sequência foi fazer o seu doutorado na França.

Ao voltar ao Brasil, ele fundou Laboratório de Geomorfologia e Estudos Regionais da Universidade Federal da Bahia, no qual ele lecionava Geografia Humana. Continuou exercendo o Jornalismo, tornando-se editor do jornal A Tarde. Depois, foi convidado pelo presidente Jânio Quadros para ser subchefe da casa civil da Bahia.

Prisão e exílio

Com a instauração da Ditadura Militar, Milton foi preso por 90 dias, teve que sair da UFBA e depois teve que se exilar por 13 anos fora do Brasil. Em 2014, a UFBA homenageou o cientista dando o seu nome à comissão que investigou os crimes da Ditadura na universidade.

Um olhar novo para a Geografia

Milton Santos em entrevista ao Roda Vida, TV Cultura

Milton Santos é celebrado em todo o mundo, pois ele trouxe um novo olhar sobre a Geografia. Para ele, mais do que estudar o solo ou relevos, essa Ciência deveria estudar a humanidade e sua relação com planeta. Esse olhar novo fez com que o cientista brasileiro oferecesse ao mundo uma visão crítica sobre a forma como vivemos e lidamos com a economia.

Uma frase de Milton que pode ilustrar isso é: “Somos cidadãos imperfeitos e consumidores mais do que perfeitos”. Milton acreditava que a mídia nos fazia achar que teríamos acesso a produtos que, na realidade, não temos. Ainda que saibamos que existam carros, smartphones etc. no mundo, eles não são acessíveis à maioria. No caso dos brasileiros, essas compras exigem até empréstimos bancários.

Milton faleceu no ano de 2001, vítima de um câncer. Seu último texto publicado foi um manifesto sobre o papel da Geografia, como um agente transformador da sociedade. Entre muitos prêmios e honras, ele recebeu o Vautrin Lud, considerado o Nobel da Geografia. O Google também o homenageou recentemente.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.