Taj Mahal: confira 5 curiosidades sobre o mausoléu
123
Compartilhamentos

Taj Mahal: confira 5 curiosidades sobre o mausoléu

Último Vídeo

Você com certeza já ouviu falar do Taj Mahal, uma das construções mais majestosas da Índia. O monumento é um mausoléu construído em, grande parte, com mármore, e foi reconhecido como uma das Novas Sete Maravilhas do Mundo. Como acontece em toda grande obra, o Taj Mahal tem várias curiosidades envolvidas em sua história, como elefantes participando dos trabalhos, cores que vão mudando ao longo do dia e até mesmo histórias envolvendo mutilações dos trabalhadores.

E aí, ficou curioso? Saiba mais nos itens abaixo:

Ah, o amor...

Por mais que Taj Mahal se pareça com um belo castelo, ele é, na verdade, um túmulo. O imperador Shah Jahan mandou construir o monumento como uma homenagem à memória de Mumtaz Mahal, sua terceira esposa, que faleceu ao dar à luz a 14ª criança do casal. Romântico, né? Tanto que, por isso, o mausoléu é conhecido também como uma das maiores provas de amor do mundo.

Não tá fácil

Para decorar o mausoléu, foram utilizadas 28 variedades de pedras preciosas e semipreciosas. Contudo, a Inglaterra levou boa parte delas após a Revolta Indiana de 1857. O mármore, material principal utilizado na construção, é oriundo da China, do Tibete, do Afeganistão e outros países. E a construção não foi fácil para ninguém: além de artesãos, mais de mil elefantes trabalharam para transportar os materiais.

Perfeição

Se você prestar atenção, vai perceber que o Taj Mahal é bem simétrico — tanto que a única parte que rompe a simetria é o sepulcro do imperador. Para a cultura mongol, o túmulo do homem tem que ser maior que o da mulher.

Mulher de fases

Como você percebeu, o Taj Mahal é cheio de detalhes. Um deles, bem interessante, é que o mausoléu vai mudando de cor conforme a iluminação do sol ao longo do dia! Ou seja, durante o amanhecer, o mármore das muralhas fica rosado. Ao entardecer, a construção fica com tom de ouro. Aliás, diz a lenda que as diversas colorações do mármore de acordo com a luz simbolizam as mudanças de humor da rainha.

Há boatos

Outra lenda a respeita do mausoléu diz que o imperador mandou cortar as mãos de todos os trabalhadores envolvidos na construção, para que ninguém nunca mais construísse nada tão bonito quanto o Taj Mahal.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.