Manguaça: turista bêbado escala montanha nos Alpes tentando encontrar hotel
01
Compartilhamento

Manguaça: turista bêbado escala montanha nos Alpes tentando encontrar hotel

Último Vídeo

Já aconteceu alguma vez com você de, durante uma viagem, você beber um pouco mais da conta, ficar um pouquinho desorientado e ter dificuldades de encontrar o caminho de volta para o seu hotel? Pois teve um turista que, de acordo com Lorena Pacho, do portal de notícias El País, se viu nessa situação — mas nos Alpes, e acabou escalando uma montanha em busca de seu hotel.

O cara, um estônio de 30 anos de idade identificado como Pavel, estava de férias em uma estação de esqui e resolveu sair um dia para beber umas e outras. Ele acabou perambulando de bar em bar até que todos fecharam suas portas e o turista — bêbado — se deu conta de que teria que caminhar até seu hotel. Ainda bem que o rapaz era de um país onde os habitantes estão acostumados a conviver com o frio, porque, se fosse um de nós, acostumados com o calorzinho tropical...

Manguaça

Segundo Lorena, Pavel estava abrigado apenas com um blazer e, em vez de botas de esqui, tinha nos pés um simples par de mocassins. Mas a manguaça deve ter aquecido seu coração, pois lá foi ele, montanha acima! E a bebida também deve ter inebriado seu pensamento, pois em determinado momento, Pavel teve que deixar de simplesmente caminhar e começar a escalar um desnível no caminho. Isso, por sinal, não o deteve — nem serviu de indicativo de que ele não estava no caminho certo!

Alpes italianosO cara encarou esse panorama bêbado e sem estar usando as roupas apropriadas para enfrentar o frio! (El País)

Então, lá pelas tantas, o estônio se deparou com um edifício e ele pensou ser seu hotel — finalmente! Porém, mesmo depois de tentar abrir a porta uma e outra vez com a chave que levava, ele não percebeu onde estava. De alguma forma, Pavel conseguiu entrar no estabelecimento e, uma vez lá dentro, encontrou duas garrafas de água (e não de cachaça!), bebeu todo o conteúdo e achou um canto confortável para dormir.

Só que o local não era seu hotel, mas sim um restaurante chamado Igloo — que fica em uma pista em Cervinia, nos Alpes italianos, que costumava ser usada para competições de esqui. Na manhã seguinte, quando o cozinheiro do estabelecimento chegou com alguns garçons, eles se depararam com o bêbado dormindo em uma pilha de almofadas no sofá de entrada do restaurante.

Bebum

Na verdade, é difícil saber quem ficou mais surpreso, se o pessoal que trabalha no restaurante — e que precisa usar motos de neve para escalar a montanha e chegar ao local — ou o turista estônio, que não fazia ideia de onde estava nem de como tinha chegado ate lá. Conforme contou a proprietária do Igloo, Pavel, após perceber que tinha invadido um estabelecimento comercial, quase morreu de vergonha e disse que não tinha tocado em nada (só bebido água).

O IglooO Igloo que serviu de refúgio para o estônio bêbado (El País)

Por parte dos funcionários, eles não sabem explicar como é possível que um sujeito completamente bêbado e despreparado para enfrentar o frio, a neve e as dificuldades da escalada, tinha chegado até lá em segurança. Afinal, no total, Pavel subiu montanha acima por 2,4 mil metros e escalou um desnível de 400 metros para acessar o restaurante, empreitada que uma pessoa em forma e vestindo roupas apropriadas levaria cerca de 2 horas para completar!

E quando o pessoal do Igloo contatou o hotel do cara para que alguém fosse recolher o bebum, eles descobriram que, como os funcionários tinham dado falta do turista na noite anterior, as autoridades foram acionadas e um grupo de bombeiros tinha passado a noite procurando por ele com drones e cães treinados para o resgate em regiões de montanha.

O estônio, mortificado pela confusão que causou, pediu milhões de desculpas a todos e terá que pagar uma multa por causa da operação de busca que foi organizada devido ao seu “sumiço”. Ele, muito simpático, também voltou no dia seguinte ao restaurante — com uma moto de neve e, presumivelmente, depois de curar a ressaca — para agradecer a todos e tirar uma foto com a galera.

Turista estônioPavel, à direita, voltou no dia seguinte para fazer uma foto com a galera do restaurante (El País)

Confira a seguir mais histórias divertidas envolvendo a embriaguez alheia:

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.