Sem destino para férias? Listamos 7 praias incríveis em terras Tupiniquins
19
Compartilhamentos

Sem destino para férias? Listamos 7 praias incríveis em terras Tupiniquins

Último Vídeo

As temperaturas começam a subir, a decoração de Natal já está em todo lugar, e logo chegam também as tão desejadas férias de fim de ano! Se você é um desses sortudos que esperam 2018 finalizar para poder descansar e relaxar, aproveite! Listamos os melhores destinos paradisíacos para curtir a folga em grande estilo. Desde locais tranquilos e abençoados pela natureza até cidades que fazem festa o dia inteiro; há de tudo por aqui. Afinal de contas, o que importa é poder tomar um belo banho de mar para recarregar as energias para o ano que já vem chegando. 

1. Baía do Sancho - Fernando de Noronha (PE)

Esta é disparada a primeira praia de qualquer lista. Apesar de toda a ilha de Fernando de Noronha ser repleta de belezas naturais, a baía do Sancho ocupa o topo do ranking pelas águas cristalinas e de diferentes tons de azul do mar. As falésias são cobertas por vegetação nativa, o que garante um visual ainda mais sensacional. 

O acesso é feito por escadas íngremes, instaladas nas rochas, o que dificulta um pouco, mas todos que foram até lá garantem que vale muito a pena. Além disso, o penhasco é o melhor ponto para tirar fotos e registrar o momento único.

A baía também é um ótimo lugar para mergulho livre, com excelente visibilidade e bancos de corais com muita vida marinha. Também é possível ir de barco até a praia, o que garante mais comodidade, especialmente para quem leva crianças; no entanto, passear por conta própria pode ser uma boa para quem quer curtir o local com calma e sem horários. 

A recomendação é visitar baía do Sancho durante o período de chuvas, entre abril e julho, quando há cachoeiras que escorrem como cortinas-d’água. 

2. Praia do Farol - Arraial do Cabo (RJ)

A Região dos Lagos também é cheia de belezas, e a grande estrela com certeza é a praia do Farol, que foi classificada pelo INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) como uma das mais perfeitas do país. Ela atende aos critérios de pureza da água, qualidade da areia e paisagem, o que tem todo o jeito de destino perfeito de férias.

Por ser uma área de proteção da Marinha do Brasil, o acesso é limitado. Apenas 250 turistas podem permanecer na área por 45 minutos; ou seja, é uma região para se apreciar intensamente, mas sem agredir o meio ambiente, claro. A areia superbranca e o mar cristalino certamente valem a visita e as fotos, que serão fantásticas. Lá é possível ver golfinhos, arraias, tartarugas e até orcas, se você tiver sorte. 

O passeio que leva até a praia do Farol custa em média R$ 60, e o trajeto inclui as prainhas do Pontal do Atalaia, a Gruta Azul e a praia do Forno, em um total de aproximadamente 4 horas. 

3. Lagoinha do Leste - Florianópolis (SC)

Chegar à Lagoinha do Leste é um prêmio para quem é persistente, e a recompensa é boa. O acesso a uma das praias mais bonitas da capital de Santa Catarina pode ser feito por barco ou caminhadas relativamente puxadas. A dica é subir o costão pelo lado direito para conseguir as melhores fotos.

Uma das trilhas, com duração de 1 hora, vai pelo Pântano do Sul, em meio à mata fechada. Outra opção, mais longa, começa na praia do Matadeiro e segue pelo alto do morro, com belas paisagens com vista para o mar. Seja qual for a via escolhida, o ideal é sempre ter um guia ou alguém que conheça o caminho. Ao chegar lá, o turista pode desfrutar da areia branquinha e das ondas fortes do riacho que forma a lagoa, que dá nome ao local e é ideal para banho. 

4. Prainhas do Pontal do Atalaia - Arraial do Cabo (RJ) 

Considerada uma das mais belas praias continentais, as Prainhas são duas em uma, dependendo da maré. A extensão da faixa de areia varia ao longo do dia, e a maré baixa é considerada a melhor para visitar o local. Em 2014, foi construída uma escadaria de madeira que facilitou o acesso. São cerca de 250 degraus que ajudam na chegada e saída desse lugar que mais parece o paraíso, com areia branca que se contrapõe ao azul do oceano.

É claro que, dependendo do horário e da incidência dos raios solares, a água pode variar entre tons de verde e azul-turquesa. A temperatura dela é geralmente bastante agradável, o que favorece os mergulhos. 

Cuidado apenas para não confundir as Prainhas do Pontal do Atalaia com a Prainha, quase na entrada da cidade, e com a praia do Pontal (mesma faixa de areia da praia do Forte, em Cabo Frio). Elas ficam no Morro do Pontal do Atalaia e têm esse nome por serem compostas de duas praias. 

No centro delas há uma duna com um mirante, além das escadarias que dão acesso às construções ao redor. Para quem quer fugir do agito, basta caminhar alguns metros e aproveitar um lugar deserto e lindo. No canto direito (de quem olha para o mar), há também uma pequena gruta, chamada de Gruta do Amor, cenário para fotos. De acordo os moradores, ela tem poderes de tornar o amor eterno. 

O principal acesso às Prainhas para quem vai de carro é pelo Pontal do Atalaia. Para quem pretende ir a pé, a opção mais rápida é a partir da trilha no canto direito da Prainha, próximo ao Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira (IEAPM). Há ainda a possibilidade de recorrer a um barco, com custo médio de R$ 15. Ele parte da praia dos Anjos, e é preciso combinar um horário de retorno com o barqueiro.

5. Baía dos Golfinhos, Praia da Pipa (RN)

Como o nome já entrega, é uma dos locais ideais para observar golfinhos sem ter que pagar nada por isso. A preservação e a beleza também encantam qualquer visitante. O acesso à baía do Golfinhos só é possível na maré baixa, por meio das praias nas laterais. Justamente por isso, não há grande volume de pessoas nem de vendedores ambulantes. Descansar e pensar na vida enquanto recarrega as energias são com certeza a melhor pedida por lá. Fique de olho na tábua de marés quando quiser visitar a região. 

6. Praia do Arpoador, Rio de Janeiro (RJ)

As belezas do Rio de Janeiro são diversas, mas vale destacar a praia do Arpoador. O local é um pequeno trecho de areia que está entre uma pequena península de rocha, onde fica o Forte de Copacabana, e a parte inicial da praia de Ipanema. 

É famosa por conta da bela vista do oceano, de algumas ilhas, da praia de Ipanema e do Leblon. Ao fundo, vê-se o Morro Dois Irmãos e a Pedra da Gávea. A região é bastante frequentada por surfistas e conta com muitas histórias lendárias, dos anos 60 e 70, sobre a juventude de classe média (média e alta burguesia) que vivia à beira-mar.

O nome da praia vem de tempos passados, quando existiam baleias frequentando as costas do Rio de Janeiro e também a baía de Guanabara. À época, era possível arpoar baleias nas proximidades da costa e provavelmente daquele local. 

7. Praia de Antunes - Maragogi (AL)

Antunes está localizada no município de Maragogi, no estado de Alagoas, entre as praias de Barra Grande e Dourado. Cercada por coqueiros, com água morna e areia branquinha e macia, é o destino perfeito para quem vai com crianças e aqueles que querem um pouco de descanso. 

Durante a maré baixa, bancos de areia surgem, revelando um corredor mar adentro, com quase 3 quilômetros de extensão. Esse é o momento ideal para explorar as piscinas naturais repletas de arrecifes e corais que se formam durante o fenômeno. As águas cristalinas chegam à altura dos joelhos, e o mar é calmo o bastante para permitir a observação de peixes que habitam a região.

Confira as melhores promoções de passagens para esses destinos:

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.