10 fatos curiosos sobre a culinária japonesa
96
Compartilhamentos

10 fatos curiosos sobre a culinária japonesa

Último Vídeo

Cada país em suas características gastronômicas próprias, mas quando o assunto é a cultura oriental, temos um patamar diferenciado. Conheça um pouco da história e curiosidades dos principais pratos japoneses. Quer conhecer o Japão? Conheça ofertas no SkyScanner.

Há um tempo limite para comer ramen 

Reprodução/Pexels

O ramen é bastante popular mundo afora, seja a versão fresca, instantânea ou o tracionar preparado em restaurante ou ramen bar. Mas, a regra não falada sobre esse prato é importante: não enrole! E os motivos são vários: isso evita que o macarrão amoleça no caldo e também libera logo o lugar que você está ocupando, prevenindo filas. 

Comida realmente fresca

Reprodução/Giphy

A internet foi à loucura quando surgiu um vídeo de uma lula morta que dançou quando o shoyo foi derramado sobre ela. Mas mesmo assim, o Japão quis que todos soubessem que a comida fresca (ou viva) poderia ser desfrutada. Quem procurar "shirouo no odorigui" vai ver pequenos peixes translúcidos que nadam na tigela ou xícara enquanto esperam que você os devore. É o conceito final no quesito comida fresca.

Amor por arroz

Se estiver no Japão, se prepare para consumir MUITO arroz. Mesmo! Seja no café da manhã, no almoço ou no jantar, pode ter certeza que os grão estarão lá em pelo menos duas das três refeições para coroar a experiência japonesa. 

Presidentes sabem servir chá

Reprodução/The Japanese Shop

Tradições são importantes no país do sol nascente. As regras e etiquetas compõem a tradição japonesa e muitas podem parecer estranhas para os ocidentais. Uma das tradições mais rigorosas pode ser vista com o "chado", ou a prática do chá. É preciso anos para dominar a arte e, devido à natureza da disciplina e do foco necessários para dominar essa prática, espera-se que os CEOs corporativos sejam bem treinados na arte. Já parou para se perguntar quantas vezes seu chefe lhe serviu chá?

Frutas perfeitas são ideais para presentear

Os japoneses levam as frutas e sua beleza à sério, a ponto de pagar 20 dólares por uma melancia do tamanho de uma maçã ou até 2 mil reais. No Japão há lojas especializadas em oferecer frutas perfeitas para quem precisa presentear alguém. Isso remonta à época em que a água era escassa e os produtores rurais se esforçavam para conseguir os melhores resultados.

Biscoito da sorte

Reprodução/B9

Já estamos acostumados a receber os famosos biscoitos da sorte quando pedimos comida chinesa. Mas esse pequeno doce portador de mensagens não teve sua origem na China. Na verdade, tudo começou em Kyoto, no século XIX, e depois foi adaptado pelos vizinhos orientais. Assim como o ramen viajou do Japão para a China, parece que o intercâmbio dura algum tempo já. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.