Veterinário evita que cão obeso seja sacrificado a pedido do dono

Veterinário evita que cão obeso seja sacrificado a pedido do dono

Último Vídeo

Ter um animal de estimação pode parecer uma boa ideia, mas a verdade é que assumir os cuidados de um bichinho exige muita responsabilidade. Nutrição, exercícios físicos, socialização, limpeza e saúde são apenas algumas das tarefas que donos de pets precisam assumir - e alguns deles não dão conta do recado. É o caso do dono do Golden Retriever Kai, um simpático cãozinho que ganhou muito peso. Ao invés de buscar alternativas para cuidar da saúde do cachorro, o sono decidiu sacrificá-lo. 

Entretanto, quando Kai chegou na clínica, a veterinária decidiu que a eutanásia não seria o fim para ele. Ela ligou para um abrigo de animais na esperança que eles conseguissem um novo lar para o Golden Retriever. Foi então que ele conheceu Pam Heggie. 

Kai foi levado ao veterinário para ser sacrificado, mas ele sobreviveu e ganhou um novo lar (Fonte: Bored Panda)

"Eu não podia acreditar no que meus olhos estavam vendo. Seu tamanho era desconcertante. As fotos não fazem justiça ao quão grande ele era, e quão difícil era para ele dar até mesmo alguns passos”, disse Pam em entrevista ao site Bored Panda

Com quase 80 quilos na época do resgate, Kai demorou cerca de 20 minutos para subir as escadas e entrar no seu novo lar. Ele tinha que perder mais da metade do seu peso para ter uma vida saudável. Pam sabia que o processo de recuperação seria longo e trabalhoso, mas ela se recusou a desistir. 

Kai passou por um longo processo envolvendo dieta e exercícios físicos. (Fonte: Bored Panda)

E, apesar de tudo, ela não culpa os antigos donos do cão. “Eu não sei nada sobre os proprietários anteriores de Kai e, sinceramente, eu prefiro assim. Acredito que educar as pessoas sobre como cuidar de seus animais é mais poderoso do que envergonhar ou culpar”, disse ela.

Kai entrou em uma dieta rígida e passou a fazer terapia na água, além de caminhar três vezes ao dia com a nova tutora. Com o tempo, passou a ser mais fácil andar, subir escadas e até correr no parque! O progresso foi impressionante. Depois de quase um ano, ele voltou a ser um cachorro feliz e saudável. 

Com muita perseverança, Kai conseguiu recuperar sua saúde. (Fonte: Bored Panda)
Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.