Gata sobrevive (e bem) a 40 dias sem os donos devido ao coronavírus

Gata sobrevive (e bem) a 40 dias sem os donos devido ao coronavírus

Último Vídeo

Uma gata da raça pelo curto inglês sobreviveu após mais de 40 dias sozinha em sua casa, deixada pelos donos após internação devido à covid-19. O caso ocorreu em Wuhan, na China, local onde iniciaram-se os surtos virais, e vem sendo coberto desde o final de março pelo portal de notícias China Daily

Símbolo de bravura e de instinto de sobrevivência, a gata Lele deu à luz quatro filhotes durante o tempo enclausurada, provando que soube muito bem cuidar de si, da prole e da casa, administrando os recursos disponíveis para durarem o tempo que fosse necessário.

(Fonte: China Daily/Reprodução)(Fonte: China Daily/Reprodução)

Segundo a família Chen, a gata teve que ficar sozinha logo no fim de janeiro, às vésperas do Ano Novo Chinês, quando todos os sete familiares testaram positivo para a covid-19. Apesar do abandono forçado, até mesmo para não evoluir a doença a ponto de prejudicar o felino e seus filhotes, foram deixados 10 quilos de comida para que o animal pudesse se alimentar, já que a ajuda de amigos para cuidar do bichano era completamente inviável.

Além disso, os moradores compraram um tapete confortável para o animal, a fim de evitar o nascimento dos filhotes em locais impróprios. Foram deixadas abertas, também, as portas dos cômodos e da varanda, para permitir a livre circulação de Lele e de seus gatinhos. "Eu deixei tartarugas e flores na varanda, e há água filtrada que é segura para ela beber," disse o dono da gata. "Ela também sabe como usar a caixinha para necessidades em nosso banheiro".

Quarenta e quatro dias depois da separação, quando os familiares começarem a ser liberados dos tratamentos contra o coronavírus, alguns nem sequer chegaram a acreditar que Lele e seus filhotes pudessem estar vivos após o longo período sozinhos. Porém, a surpresa foi grande quando se depararam com os animais, apesar do nítido emagrecimento da gata. "Eu me dou como muito sortudo. Afinal de contas, eu não cuidei devidamente dela. Mas quando vi os filhotes, foi como se eu tivesse visto esperança", concluiu o dono.

Com a única perda contabilizada sendo o peixe de aquário, que virou comida, a família Chen nomeou os gatinhos de "Xiaowu", "Hanhan", "Xiaojia" e "Youyou", que, juntos, significam "Wuhan lutando", em chinês.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.