Mensagem de 1941 encontrada em igreja revela algo tocante sobre a vida

Mensagem de 1941 encontrada em igreja revela algo tocante sobre a vida

Último Vídeo

Durante uma inspeção realizada na Igreja de São Tiago, na Antuérpia, Bélgica, um trabalhador encontrou, escondida na abóbada do teto, uma antiga mensagem escrita em holandês e relatando as condições de vida de funcionários que prestavam serviços no local. O texto data de 1941, período em que a capela passava por uma reconstrução completa.

A mensagem foi encontrada em uma pedra angular no teto da igreja e estava guardada dentro de uma caixa de fósforos bastante desgastada. A carta, assinada por John Janssen, Jul Gyselinck, Louis Chantraine e Jul Van Hemeldonck, chamou a atenção não apenas por apresentar eventos sobre situações exploratórias de trabalho, mas também por relatar uma profunda lição de vida planejada para ser conhecida pelas gerações futuras que, um dia, tivessem acesso aos escritos.

(Fonte: Stad Antwerpen/Instagram)
(Fonte: Stad Antwerpen/Instagram)

Com uma história muito importante para a sociedade belga, especialmente para a que vive na região de Flandres, a Igreja de São Tiago foi palco de importantes eventos sobre a colonização local, sendo o centro de partida para as peregrinações que se dirigiam à Igreja de São Tiago Maior, em Santiago de Compostela.

A mensagem de 1941

A mensagem deixada pelos trabalhadores, praticamente uma cápsula do tempo, é uma verdadeira lição de vida sobre a guerra, os maus tratos e o serviço excessivo. Com perspectivas densas para as gerações futuras, o texto configura como um achado valioso para a humanidade, especialmente para aqueles que buscam inspirações na vida de pessoas tidas como comuns.

(Fonte: Stad Antwerpen/Instagram)
(Fonte: Stad Antwerpen/Instagram)

Confira abaixo a tradução completa do texto.

“Em 1941, o teto da igreja foi colado com um andaime de 26 metros de altura (85 pés) pelo departamento de manutenção da cidade. Quando o teto tiver que ser pintado novamente, não estaremos mais nesta Terra. 

Temos que dizer às gerações seguintes que não tivemos uma vida feliz. Já vivemos duas guerras: uma em 1914 e outra em 1940. Isso conta alguma coisa, não?

Estamos trabalhando aqui quase morrendo de fome. Eles nos extorquem por meros centavos e por quase nenhuma comida.

Eu quero aconselhar as próximas gerações para quando outra guerra vier. Tenham uma quantidade de alimentos em excesso como arroz, café, farinha, tabaco, grãos, trigo para mantê-los vivos.

Aproveitem a vida ao máximo e, se necessário, tenham uma nova esposa. Aos casados: cuidem de suas casas!! Saúde, homens!!”

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.