Praia 'escondida' no México foi formada pela explosão de bombas

Quem está planejando viajar para um lugar romântico depois que as vacinas chegarem, pode colocar em sua lista de destinos a Playa del Amor no México. Mas não pense que será fácil achá-la: também conhecida como Praia Escondida, ela fica dentro de uma caverna na qual você só pode chegar nadando ou de caiaque atravessando um túnel de água.

Fonte: MejoresPlayas/ReproduçãoFonte: MejoresPlayas/Reprodução

Essa maravilha, que não é natural como veremos, fica em uma das Ilhas Marietas, e se assemelha a um cenário de filme de romance. Embora esse grupo de ilhas desabitadas tenha se formado por erupções vulcânicas subaquáticas, a caverna paradisíaca da Praia do Amor foi formada por... bombas.

Segundo a revista Atlas Obscura, conhecida por listar viagens para lugares incomuns, o México começou a usar as ilhas, na costa da Riviera Nayarit, para testar bombas no início do século XX, durante o governo do ditador Porfírio Diaz. As explosões mudaram a paisagem natural da ilha, criando muitas cavernas, crateras e o sumidouro que é hoje a Playa del Amor.

A recuperação da Praia do Amor

Fonte: Clarín Veracruzano/Instagram/ReproduçãoFonte: Clarín Veracruzano/Instagram/Reprodução

Os bombardeios continuaram mesmo durante a Revolução Mexicana, até que, na década de 1960, o oceanógrafo e cineasta francês Jacques Cousteau liderou uma campanha mundial para conservar os recursos naturais das Marietas. Mas, somente em 2005, o governo mexicano transformou o local em um parque nacional.

Posteriormente, o Parque Nacional Islas Marietas foi declarado Reserva da Biosfera do programa MaB/Unesco, uma iniciativa destinada a promover uma relação de equilíbrio entre os seres humanos e a biosfera. Ou seja, a Playa del Amor está hoje em uma área protegida, mas os turistas têm permissão para fazer visitas limitadas ao local.

Fonte: Chaz Decker/Atlas Obscura/ReproduçãoFonte: Chaz Decker/Atlas Obscura/Reprodução

Para chegar à praia interna, os turistas têm que fazer uma viagem de mais ou menos uma hora desde Puerto Vallarta na costa Mexicana. A entrada da caverna é estreita, mas tem um espaço de cerca de 1,8 metro acima do nível da água. Além de desfrutar do cenário de extrema beleza, os visitantes ainda podem desfrutar da diversidade de vida selvagem, hoje de volta à ilha.  

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.