2 locais que podem guardar tesouros perdidos incríveis

Até hoje existem diversos artefatos importantes para a humanidade que desapareceram após diversos momentos históricos, deixando apenas pequenas pistas de seu paradeiro. 

Artigos de valor inestimável como o Santo Graal e a Arca da Aliança povoam os sonhos de exploradores por todo o mundo, que se lançam em diversas buscas e escavações na esperança de encontrá-los um dia. 

Separamos dois tesouros importantes e suas supostas localizações. Confira abaixo:

1. Obras de arte e joias roubadas pelos nazistas

Por volta de 1945, um oficial sob o pseudônimo Michaelis que fazia parte da Schutzstaffel - a Tropa de Proteção ligada ao Partido Nazista e mais conhecida por sua sigla, S.S. - manteve um extenso diário sobre os planos do comandante Heinrich Himmler para esconder itens valiosos roubados de judeus poloneses.

E há dois anos, a loja maçônica que pertenceu à Himmler por várias décadas após a Segunda Guerra Mundial ofereceu o registro para a fundação polonesa Ponte de Silésia, como uma forma de se desculpar pelos horrores causados pelo conflito.

(Fonte: Wikipedia/Arquivos Federais Alemães/Reprodução)(Fonte: Wikipedia/Arquivos Federais Alemães/Reprodução)

Naquele momento, ainda não havia sido possível comprovar se o diário era um item autêntico, mas gerou muita empolgação por conter um mapa indicando que os nazistas haviam escondido cerca de 63 mil obras de arte e artefatos culturais em um poço no Palácio de Hochberg, um tesouro que poderia valer cerca de US$ 1 bilhão (cerca de R$ 5,6 bilhões). 

Além disso, Michaelis também listou mais 10 lugares nos quais os oficiais podem ter enterrado ouro, pedras precisosas, pinturas e outros itens importantes. Agora, só o tempo e muita busca comprovarão se o conteúdo do diário é realmente verdadeiro ou não...

2. Ouro jacobita

Em 1745, uma quantidade exorbitante de moedas de ouro foi enviada da Espanha para financiar o levante jacobita que ocorria na Escócia. Porém, o primeiro carregamento foi roubado pelo clã Mackay assim que chegou na costa oeste do país, e o segundo acabou chegando tarde demais, pois a insurreição já havia terminado e o exército desbandado.

(Fonte: Pixabay/Reprodução)(Fonte: Pixabay/Reprodução)

No total, sete urnas de ouro espanhol chegaram às terras escocesas, e seis foram levadas para o Loch Arkaig (ou Lago Arkaig), em Lochaber, e enterradas. Acredita-se que o chefe do clã MacPherson, Ewen, tenha usado uma parte em uma tentativa frustrada de um segundo levante, mas o resto do ouro permaneceu não contabilizado, e possivelmente continua enterrado na região do lago.


Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.