Seja o primeiro a compartilhar

Fazendeiro muda fronteira entre Bélgica e a França acidentalmente

Imagine que, após cortar a grama ou reformar o seu quintal, você descobre que, acidentalmente, redesenhou a fronteira do seu país? Foi mais ou menos isso que aconteceu com um fazendeiro na Bélgica. Ao que tudo indica, o agricultor belga ficou incomodado com uma "pedra" fixada no meio de seu terreno e a moveu 2,26 metros para frente (7,4 pés).

O problema é que a pedra marcava a fronteira entre a Bélgica e a França. A "mudança geográfica" só foi percebida um tempo depois, quando um historiador entusiasta pela história local passou pela região e notou a diferença. A pedra é de 1819, quando a fronteira - de 620 km - foi demarcada pela primeira após o Tratado de Kortrijk.

fronteiraA pedra era usada para marcar a fronteira entre a Bélgica e a França (Reprodução/David Lavoux)

Os dois países europeus receberam a notícia com risadas. "Ele tornou a Bélgica maior e a França menor, acho que não é uma boa ideia", disse David Lavaux, prefeito da vila belga de Erquelinnes, ao canal de TV francês TF1. O prefeito acrescentou: "Fiquei feliz, minha cidade era maior, mas o governante de Bousignies-sur-Roc não concordou", disse em tom de brincadeira.

E agora?

As autoridades belgas devem pedir que o fazendeiro devolva a pedra ao local original. Caso ele se recuse, a situação pode parar no Ministério das Relações Exteriores do país, que teria que convocar uma comissão de fronteira com a França. A reunião franco-belga não acontece nestas circunstâncias desde 1930.

Além disso, o prefeito Lavaux afirma que o agricultor pode enfrentar acusações criminais se não colaborar. Ele ressalta, no entanto, que todos pretendem "resolver a questão amigavelmente".

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.