De onde vem o pão francês e por que ele tem tantos nomes?

Por ser um país de dimensões continentais, o Brasil costuma apresentar características bastantes distintas entre cada uma de suas regiões e isso também vale para a linguagem. Dependendo do lugar onde você nasceu, é provável que existam nomes diferentes para uma mesma coisa na língua portuguesa.

Esse é o caso do pão francês, também chamado de cacetinho, pão de trigo, pão de sal e mais um trilhão de apelidos distintos para cada localidade. Mas por que tantas nomenclaturas diferentes e de onde elas vêm? Vamos entender um pouco mais sobre a história desse alimento querido pelos brasileiros.

Pão francês

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Apesar do nome "pão francês", que acabou sendo o mais difundido pelo Brasil, o pão curto de miolo branco e casca dourada em nada tem a ver com o país que lhe rendeu o apelido. No início do século XX, muitos brasileiros ricos que visitaram a França se encantaram pela baguete, o pão cilíndrico tradicional local, e buscaram uma forma de reproduzi-la em território nacional.

Ao retornarem ao Brasil, os viajantes tentaram descrever o produto para os padeiros brasileiros, que não conseguiram replicá-lo exatamente igual por estarem limitados às instruções orais de quem havia conhecido o alimento. Mesmo com características bem diferentes do pão europeu, a referência se manteve e o produto ganhou o nome de pão francês.

Desde então, o alimento passou a se difundir pelo Brasil e começou a ganhar outros nomes baseados na cultura e nos costumes de cada região. Mesmo assim, apesar das nomenclaturas diversas, esse é um clássico do café da manhã brasileiro e mantém o mesmo sabor por todas as partes.

Nomenclaturas diversas

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Para se ter uma ideia da enorme variedade de nomes que o pão francês ganhou por aí, aqui vão alguns apelidos que você pode acabar se deparando ao viajar pelo Brasil:

  • Minas Gerais - pão de sal
  • Interior de São Paulo - filão
  • Ceará - carioquinha
  • Rio Grande do Sul - cacetinho
  • Sergipe - pão jacó
  • Manaus e Piauí - massa grossa
  • Pará - pão careca

O nome "cacetinho", por exemplo, surgiu em homenagem à baguete francesa, também chamada de "cacete" no Rio Grande do Sul. Como o pão francês nada mais era do que uma baguete pequena, o alimento foi carinhosamente apelidado de pequeno cacete ou então "cacetinho".

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.