Seja o primeiro a compartilhar

Elefante quebra parede de cozinha em busca de comida na Tailândia

Um elefante faminto invadiu uma casa em Hua Hin, na Tailândia, em busca de algo para matar a fome, após fazer um buraco na parede da cozinha. O caso curioso aconteceu na madrugada do domingo (20), quando os moradores foram acordados pelos barulhos vindos daquele cômodo.

De acordo com a dona da casa Ratchadawan Puengprasoppon, sons estranhos na cozinha fizeram a família se levantar assustada. Quando chegaram ao local, os residentes foram surpreendidos com a presença do animal gigante e começaram a filmar a bagunça provocada pelo visitante inusitado.

O vídeo mostra o elefante usando a sua tromba para vasculhar as gavetas do armário embaixo da pia, derrubando pratos e outros objetos, à procura de comida. Nas imagens, também é possível ver que ele pega algo parecido com uma sacola e leva à boca. Confira a gravação feita por Puengprasoppon a seguir:

Em entrevista à CNN, a tailandesa contou que um elefante se chocou com a parede da cozinha em maio, deixando um buraco. Como o dano não havia sido consertado, outro animal aproveitou a brecha para enfiar a cabeça e chegar ao interior da residência, aumentando a abertura.

Incidentes se tornaram comuns

Os incidentes envolvendo elefantes e humanos têm aumentado nos últimos anos, principalmente na Ásia, à medida que os ambientes selvagens são invadidos pelo homem, deixando os animais com pouco espaço para viver. Os encontros são mais comuns na temporada de colheita de frutas.

Com relação a este último caso, o Departamento de Parque Nacional, Vida Selvagem e Conservação de Plantas da Tailândia disse que o animal provavelmente sentiu o cheiro da comida na casa e resolveu entrar. Ainda segundo o órgão, a espécie necessita de minerais encontrados em alimentos salgados e faz de tudo para achá-los.

Estrago feito pelo elefante na parede da casa. (Fonte: YouTube/New York Post)Estrago feito pelo elefante na parede da casa. (Fonte: YouTube/New York Post)

Conforme Puengprasoppon, o trânsito dos elefantes pela cidade, em busca de comida, é comum e acontece há vários anos, mas os paquidermes nunca haviam causado maiores problemas a ela. “É a primeira vez que eles realmente danificam a minha casa”, contou a moradora.

Para evitar novas invasões, a família terá que desembolsar o equivalente a US$ 1,5 mil para consertar o buraco na parede e os demais estragos feitos pelo elefante.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER