Seja o primeiro a compartilhar

6 das maiores ondas já surfadas por alguém na história

Quem acompanhou a última edição do programa Big Brother Brasil acabou conhecendo mais sobre uma personalidade marcante: Pedro Scooby, o surfista de ondas gigantes. Além do seu humor impecável, o atleta também chegou a surfar ondas de até 20 metros em Portugal ao longo de sua carreira.

No entanto, Scooby não é o único louco que gosto de encarar esse tipo de aventura. Batalhar contra ondas gigantes é uma modalidade bem conhecida no surfe e chama bastante atenção por todos os riscos envolvidos. Por isso, nós separamos uma lista com seis das maiores ondas já surfadas por alguém na história. Olha só!

6. Cortes Bank, Estados Unidos (2008)

No final da década de 1980, o lendário editor de fotos da Surfing Magazine, Larry “Flame” Moore, passou a investigar a localização e a profundidade do mar em Cortes Bank, uma região a 160 km de distância da costa do sul da Califórnia, na esperança de encontrar ondas gigantes.

Em 2001, as primeiras expedições para o local foram feitas e diversos surfistas se aventuraram pela primeira vez. Em 2008, no entanto, as condições pareciam ideais. Foi então que Mike Parsons, um surfista profissional da Califórnia, pegou a maior onda já surfada naquela época: um desafio de 23 metros de altura.

5. Nazaré, Portugal (2011)

Os mares de Nazaré, em Portugal, são conhecidos por sua agitação que gera ondas enormes quebrando em frente ao farol local sem muitos surfistas por perto. Durante anos, o surfista do Havaí Garrett McNamara havia escutado falar a respeito dessas ondas, mas demorou para acreditar que tudo fosse verdade.

Em 2011, no entanto, McNamara decidiu se arriscar e viajou para Portugal. Foi então que entrou para o Guinness World Record como pessoa que surfou a maior onda de sua época. De acordo com os especialistas, a onda atingiu 23,7 metros de altura.

4. Cloudbreak, Fiji (2010)

Embora o recife de Cloudbreak, nas Ilhas Fiji, tenha sido surfado tantas vezes desde a década de 1970, nenhuma pessoa conseguiu fazer os mesmos feitos do chileno Ramón Navarro em 2012. Naquele ano, ele decidiu sair de sua terra natal para encarar uma onda colossal.

Com a ajuda de um jet-ski dirigido pelo parceiro Kohl Christensen para dar partida, Navarro foi rebocado para dentro de um enorme cilindro azul de 18 metros. A onda foi tão impressionante que ele acabaria ganhando o prêmio de "Aventureiro do Ano" da National Geographic no ano seguinte.

3. Belharra, França (2014)

Logo abaixo do Reino Unido, o Golfo da Biscaia adquiriu uma merecida reputação de ser um dos mares mais tempestuosos do mundo, especialmente no inverno. Logo, ondas gigantes surgem de todos os lados — sobretudo aquelas originadas mais perto da Groenlândia.

Em janeiro de 2014, a feroz tempestade Hércules fez com que uma enorme onda na região fosse gerada com direção para um recife na costa sul da França chamado Belharra. Jamie Mitchell, um surfista da Austrália, decidiu encarar o desafio e pegou uma incrível onda de 20 metros.

2. Puerto Escondido, México (2015)

O oleoduto mexicano na praia de Zicatela, em Puerto Escondido (México) é conhecido entre os surfistas como um dos lugares que geram ondas grandes e poderosas há décadas. Em maio de 2015, um swell — perturbação na água que gera a onda — excepcionalmente grande estava previsto para a região.

O surfista havaiano Mark Healy estava em posição para aproveitar o mar e conseguiu desfrutar de algumas ondas muito grandes. Usando sua prancha de três metros de comprimento, conseguiu surfar uma onda de 15 metros — a maior da história de Zicaleta e talvez a maior sem auxílio do reboque de jet-ski.

1. Nazaré, Portugal (2020)

Como dito anteriormente, Nazaré é especialmente conhecida por suas ondas gigantes. Devido à arquitetura da região, as ondas são projetadas para alcançarem picos imensos e que parecem praticamente impossíveis de serem surfadas por seres humanos.

Mesmo assim, o surfista austríaco Sebastian Steudtner decidiu entrar no mar no dia 29 de outubro de 2020 e entrou para a história: ele surfou uma onda de 26 metros de altura. Foi preciso 18 meses para que especialistas confirmassem a precisão dos números, mas Steudtner ganhou seu espaço no Guinness World Records.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.