Apollo 12: a missão da NASA que levou fotos da Playboy para a Lua
16
Compartilhamentos

Apollo 12: a missão da NASA que levou fotos da Playboy para a Lua

Último Vídeo

Duas missões da NASA que levaram homens à Lua ficaram bem conhecidas da maioria do público: a Apollo 11 carregou os primeiros astronautas a pisar no astro, Neil Armstrong e Edwin Aldrin, enquanto a fama da Apollo 13 veio da explosão que impediu a nave de pousar.

Mas pouco se fala sobre a missão que aconteceu entre essas duas. A Apollo 12 quase não completou seu objetivo após ser atingida por um raio durante o lançamento, transmitiu o terreno lunar em cores e foi a primeira a levar fotos da Playboy para nosso satélite natural.

Um acidente sério logo na saída

As coisas não começaram nada bem para os astronautas Charles Conrad, Alan Bean e Dick Gordon, que estavam a bordo da nave. Menos de um minuto depois dela ser lançada, Gordon avisou que havia perdido o controle de várias partes da nave.

Demorou para a equipe da NASA na Terra perceber o que tinha acontecido: um raio havia atingido a Apollo 12 e fritado parte dos computadores. A situação já estava ruim quando o impensável aconteceu e mais um raio atingiu a nave, destruindo completamente alguns dos equipamentos.

Era algo tão inesperado que quase um minuto inteiro se passou sem nenhuma reação do chefe do controle de missão. Pode parecer pouco, mas durante um evento crítico como esse, cada instante é importante.

Finalmente, um engenheiro reconheceu os dados que estavam sendo enviados pela nave e percebeu o que havia acontecido. Ele mandou as instruções necessárias para ativar as fontes reservas de energia e estabilizar a nave.

Mas a tensão só acabou no voo de volta. Durante toda a missão, a equipe da NASA acreditou que os raios poderiam ter destruído o sistema que ativa os pára-quedas necessários para o pouso na Terra. Se isso tivesse acontecido, os astronautas certamente morreriam ao tentar voltar para o planeta, por isso a equipe não contou nada sobre essa possibilidade. Felizmente, os pára-quedas funcionaram e a missão foi um sucesso.

Piadas e Playboys

A Apollo 12 acabou marcada por dois fatos bastante curiosos. O primeiro foi uma pegadinha que Pete Conrad tentou pregar nos seus colegas da NASA. Ele planejou levar uma máquina fotográfica com função timer sem avisar ninguém.

O plano era tirar fotos dos astronautas na Lua e colocar as imagens no meio dos arquivos, misturadas com as outras. Os responsáveis por revisar o material iriam ficar malucos quando encontrassem as fotos, sem saber quem poderia estar segurando a câmera, já que todos apareceriam na imagem.

Uma pena que o trote não deu certo. Conrad acabou perdendo a máquina durante a missão e nunca executou o plano.

Restou a história das Playboys que foram ao espaço. Conrad e Bean, os dois membros da missão que efetivamente pisaram na Lua, levavam em seus pulsos um caderninho em miniatura com todas as instruções do que deveriam fazer enquanto estivessem por lá.

Como piada, um dos integrantes da equipe reserva – que viajaria no lugar de algum dos dois caso algum imprevisto acontecesse com eles – colocou fotos de ensaios nus tirados da revista Playboy no meio das informações. A legenda de uma delas dizia: "Viu algum vale ou monte interessante?"

Conrad e Bean riram tanto quando deram de cara com as fotos que houveram suspeitas, por parte do público, de que os dois astronautas estavam bêbados durante a missão.

Os cadernos também estavam cheios de rabiscos e charges fazendo piada com a NASA. Para não irritar a população que assistia esperando ver um trabalho sério sendo feito por parte dos astronautas, eles mantiveram tudo em segredo até a volta à Terra.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.