Conheça a história por trás de um dos beijos mais famosos do planeta
49
Compartilhamentos

Conheça a história por trás de um dos beijos mais famosos do planeta

Último Vídeo

Você com certeza já viu a foto acima centenas de vezes, não é mesmo? Conhecida simplesmente como “O Beijo”, ela mostra um jovem marinheiro plantando um beijo em uma moça na Times Square, em Nova York, no dia 14 de agosto de 1945 — data em que os japoneses se renderam e a Segunda Guerra Mundial finalmente chegou ao fim. Mas você sabe a história por trás dessa que se tornou uma das imagens mais icônicas do século 20?

A cena foi registrada por Alfred Eisenstaedt e batizada oficialmente de “V-Day in Times Square” — Dia da Vitória na Times Square, em tradução livre. Entretanto, apesar de a foto hoje ser reconhecida como uma das imagens mais românticas da História, ela aconteceu em uma situação nada apaixonada!

Agarrão histórico

“O Beijo” foi clicado quando multidões começaram a tomar as ruas de Nova York para celebrar a notícia de que o fim da guerra havia sido declarado. Segundo Eisenstaedt, as pessoas vinham de bares, cafés, restaurantes, cinemas etc. e, entre elas estavam Greta Zimmer Friedman e George Mendonsa, dois completos desconhecidos.

"O Beijo"

Greta era uma enfermeira de 21 anos que trabalhava como assistente de uma clínica dental em Manhattan, e George, um jovem marinheiro que, na verdade, estava em um encontro com uma moça chamada Rita Petry — que anos mais tarde se tornou sua esposa! Pois George viu Greta caminhando na rua, a tomou nos braços e plantou o famoso beijo em seus lábios — isso enquanto Rita assistia a tudo sorrindo.

Essa moça risonha ao fundo era Rita Petry!

Na verdade, mais do que um beijo, a coisa toda não passou de um “selinho” rápido, e, em vez de representar um momento romântico, ele marcou a exaltação e o alívio pelo fim do conflito. A foto foi publicada pela primeira vez na revista Time — e nem foi na capa! Mas, com o passar do tempo, a imagem acabou ganhando notoriedade e, na edição da revista de agosto de 1980, 11 homens e 3 mulheres se apresentaram dizendo ser os personagens da cena.

A dupla

Vários anos se passaram até que as verdadeiras identidades de Greta e George fossem confirmadas, e o fim da guerra foi especialmente significativo para Greta. Ela era uma imigrante austríaca que, aos 15 anos de idade, fugiu para os EUA com as irmãs para escapar do nazismo — depois que seus pais morreram durante o holocausto.

Reencontro de Greta e George décadas depois de "O Beijo" ser clicado

Segundo Greta, no dia da comemoração, ela se lembra de tudo acontecer em um piscar de olhos. Já George confessou que estava celebrando e tinha bebido uma ou outra cerveja a mais — quando viu a enfermeira passando, não resistiu ao impulso de agarrar a moça e beijá-la. A jovem nem viu o marinheiro se aproximando!

Mas ela deixou bem claro que, devido às circunstâncias extraordinárias em que a coisa toda aconteceu, nem passou pela cabeça dela associar a situação a um ato de violência sexual. Infelizmente, Greta faleceu no dia 8 de setembro de 2016, aos 92 anos por conta de complicações relacionadas à idade avançada. No entanto, a cena que ela viveu há mais de 70 anos permanecerá para sempre imortalizada em nossa memória.

*Publicado em 13/09/2016

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.