Governo dos EUA libera vídeo de OVNI a ex-integrante da banda Blink-182
1.880
Compartilhamentos

Governo dos EUA libera vídeo de OVNI a ex-integrante da banda Blink-182

Último Vídeo

Mesmo que você não seja um grande fã, certamente já ouviu falar da banda de punk rock norte-americana Blink-182, certo? Pois, Tom DeLonge atuou como vocalista do grupo durante vários anos (de 1992 a 2005 e de 2009 a 2014), até decidir seguir carreira solo e se dedicar a outros projetos. Uma das coisas que ele faz hoje em dia é comandar um instituto de pesquisas chamado To The Stars Academy of Arts and Sciences — ou TTSA. E você sabe em que tipo de pesquisas esse instituto está focado? Encontrar provas de que os aliens existem.

Tom DeLongeTom DeLonge (Hysteria Mag)

Isso mesmo, além de ser músico, DeLonge é um nome bem conhecido da ufologia e está completamente convencido de que os terráqueos não são a única civilização inteligente do Universo. E nesta semana o TTSA virou notícia por ganhar acesso a um vídeo que se encontrava em posse do Departamento de Defesa dos EUA e que mostra o encontro entre pilotos da Força Aérea — a bordo de Boeings F/A-18 Super Hornet — e um objeto voador não identificado.

Incidente misterioso

De acordo com Kevin Litman-Navarro, do site Inverse, a sequência foi obtida pelo TTSA por meio de uma petição através da Freedom of Information Act — Lei pela Liberdade de Informação, em tradução livre — e foi capturada em 2015. As cenas mostram o que os dispositivos de rastreio de um dos jatos, que estão entre os mais modernos e poderosos que existem no mundo atualmente, registraram durante um voo de reconhecimento.

Imagem de OVNIImagem em infravermelho capturada durante o encontro com o OVNI (YouTube/To The Stars Academy of Arts and Sciences)

O TTSA divulgou o vídeo sem cortes e, nele, é possível ver como o sistema de rastreamento trava sobre um pequeno objeto — que foi avistado voando em alta velocidade sobre o mar, na costa leste dos EUA. No trecho, como você poderá conferir a seguir, é possível ouvir os pilotos conversando enquanto acompanham toda a ação através de seus radares, assim como a surpresa nas vozes dos militares com relação ao que estão vendo. Assista:

Como você acabou de assistir, o ponto branco — lembrando que as imagens foram capturadas em infravermelho, e os objetos que liberam calor aparecem em branco — aparece por volta do minuto 1:25, e cerca de 10 segundos mais tarde um dos pilotos trava o sistema de rastreio sobre o OVNI. É também nesse momento que podemos ouvir os pilotos realmente surpresos (e inclusive eufóricos) perguntando “que diabos” era aquilo que eles estavam vendo.

Um aspecto interessante a ser notado, segundo o pessoal do TTSA, é que os sensores presentes nos F/A-18 Super Hornets — ATFLIR Pod, de fabricação da Rayrtheon — são capazes de registrar o jato liberado pelos exaustores de aeronaves, mesmo quando elas estão viajando a baixas velocidades. No entanto, no caso do OVNI, os equipamentos não detectam absolutamente nada.

O canal do TTSA compartilhou o vídeo no YouTube na última sexta-feira (9) e, até o momento da publicação desta matéria, ele contava com quase 2,5 milhões de visualizações. Segundo as explicações, o incidente, embora tenha sido investigado pelo Departamento de Defesa dos EUA, permanece sendo tratado como fenômeno aéreo não identificado pelas autoridades norte-americanas. E você, caro leitor, o que acha que as cenas mostram?

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.