Teria avião misterioso sido achado pelo Google Earth sob o mar na Escócia?
Seja o primeiro a compartilhar

Teria avião misterioso sido achado pelo Google Earth sob o mar na Escócia?

Último Vídeo

Você deve saber que existe uma galera com muito tempo livre — e verdadeira obsessão por achar coisas sinistras — que passa o dia vasculhando cada cantinho do planeta através do Google Earth, certo? Pois, há alguns dias, um dedicado membro dessa turminha saiu falando aos quatro ventos que tinha descoberto um avião misterioso aparentemente mergulhado no litoral da Escócia, mais especificamente nas coordenadas 55°57’26”N e 3°05’35”W. Seria essa aeronave uma das tantas que desapareceram pelo mundo sem deixar vestígios? Teria o cara, por fim, achado o voo MH370 da Malaysia Airlines, desaparecido em 2014?

Calma lá!

Você pode acessar ao Google Earth e conferir o que Robert Morton — a pessoa que identificou o avião — encontrou nas coordenadas que compartilhamos acima com mais detalhes, mas incluímos uma captura da cena a seguir para você dar uma olhadinha. De qualquer forma, apesar de a possível descoberta de uma aeronave misteriosa ter despertado interesse internacional, a verdade é que Morton não achou nada de mais.

Mapa do Google EarthOlhe o avião ali! (Live Science)

Isso porque, de acordo com Stephanie Pappas, do site Live Science, um porta-voz da Google explicou que as imagens que são disponibilizadas através da plataforma consistem em mosaicos criados a partir de capturas realizadas através de satélites em órbita ao redor da Terra e fotos aéreas, registros esses obtidos a partir dos mais variados ângulos e distâncias.

Ademais, o time do Google Earth também usa diversos registros de cada área — às vezes eles somam centenas e até milhares — para conseguir o efeito de “continuidade” que vemos quando navegamos na plataforma, sem falar que essas imagens todas, quando combinadas, agregam mais detalhes e ajudam a tornar as regiões visualizadas mais definidas.

Essa técnica, aliás, permite que os desenvolvedores possam criar imagens nítidas, mesmo quando alguns registros tenham sido obtidos em dias nublados ou contenham sombras. No caso do avião, o que aconteceu é que a aeronave se encontrava em trânsito quando um dos registros usados para montar o mosaico daquela área foi capturado e, como se trata de um objeto que se move em altas velocidades, é por isso que temos a impressão de que ele se encontra debaixo d’água.

Na realidade, essa explicação serve para a grande maioria de coisas misteriosas ou ligeiramente sinistras que vira e mexe são avistadas através do Google EarthGoogle Maps e plataformas semelhantes.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.