A Coreia do Sul é um destino muito visado por turistas em busca de cirurgias plásticas mais baratas, mas que, mesmo assim, são ditas como sendo de qualidade. Em Seul, os anúncios de clínicas estéticas estão por todo o lugar! A tentação é tão grande pela ocidentalização facial que muitas pessoas da China e do Japão vão até o país para mudar a cara – às vezes até demais!

Recentemente, a foto de três mulheres com o rosto inchado e a cabeça enfaixada rodou o mundo. A história, não confirmada, diz que elas foram barradas no aeroporto internacional de Seul por estarem irreconhecíveis!

Cirurgia plásticaMesmo com toda a documentação em ordem, elas foram impedidas de embarcar

Normalmente, quem chega ao país com a finalidade estética recebe um formulário para ser preenchido e entregue na volta, junto com o comprovante da clínica. Para ele ter efeito, entretanto, é necessário que a identificação seja feita através de detalhes da fisionomia que permanecerem inalterados – as pessoas costumam mudar só o nariz ou só a boca ou só as orelhas.

No caso dessas três mulheres, a repaginação foi total! Com isso, nada ficou intacto para ser reconhecido e elas não puderam embarcar de volta para casa. Elas aproveitaram a Semana Dourada da China – um feriadão prolongado no país – para fazer as mudanças, mas não calcularam o tempo de recuperação que o corpo necessita para voltar ao normal depois de procedimentos tão invasivos.