Não sei se você se recorda, mas nós já mostramos aqui algumas sobremesas, feitas com tanta sutileza e esmero, que mais pareciam destinadas a serem devoradas com os olhos. Desta vez, nós vamos te apresentar uma seleção de doces irresistíveis que, devido à matéria-prima com a qual são produzidos, podem, no máximo, ficar expostos na mesa de centro da sua sala. Veja o porquê:

Embora pareçam de um dedicado confeiteiro, estas sobremesas são o trabalho da escultora e artista plástica Shayna Leib

Shayna Leib

Com uma habilidade fora de série, ela transforma porcelana em delicadas peças em forma de comida

forma de comida

A inspiração para produzi-las veio justamente da impossibilidade de a artista incluir esse tipo de alimento em sua dieta diária

sua dieta diária

Ao ingerir doces, são desencadeadas, quase que instantaneamente, reações alérgicas em seu corpo que a deixam extremamente desconfortável

desconfortável

Foi por isso que ela resolveu expressar, através da porcelana, exatamente o que ela sente: água na boca ao olhar e embrulho no estômago por não poder comer uma lasca sequer

lasca sequer

“Este trabalho começou como um exercício terapêutico para olhar para a sobremesa como forma, em vez de alimento. Eu me tornei uma taxidermista da confeitaria francesa”, explica

confeitaria frances

Ainda segundo a artista, criar cada uma destas peças tão delicadas não é uma tarefa fácil; algumas levaram cerca de 1 mês para ficarem prontas

ficarem prontas

“O vidro, com toda sua fragilidade e beleza, é um material muito difícil de ser trabalhado. Manuseá-lo exige atenção e conhecimento das suas muitas características técnicas”

fragilidade e beleza

Para conhecer outras obras da artista, basta acessar a sua página oficial

obras da artista