Coronavírus: China fechou diversos pontos turísticos

Coronavírus: China fechou diversos pontos turísticos

Último Vídeo

O medo da proliferação do coronavírus fez com que as autoridades chinesas fechassem diversos pontos turísticos, cancelassem serviços de transporte público e restringisse viagens tanto domésticas quanto internacionais. Tais medidas ocorreram principalmente por causa das comemorações do Ano Novo Lunar, época em que muita gente viaja para ver os parentes ou sai de casa para se divertir. 

Por mais que o vírus tenha seu epicentro na cidade de Wuhan, o governo preferiu diminuir o fluxo de pessoas em várias regiões do país para evitar que o problema se agrave. Assim, fechou parte da Grande Muralha e também a Floresta do Pagode de Yinshan, além da Cidade Proibida – que já foi a casa do Imperador – e também o Templo dos Lamas, famoso templo budista que recebe muita gente que vem fazer ofertas durante o Ano Novo Lunar.   

Coronavírus na China
Fonte: Pixabay

Em Xangai, a Disneylândia, que tem capacidade diária de 100 mil pessoas, fechou o parque por tempo indeterminado para evitar que o alto fluxo dos visitantes pudesse aumentar a proliferação do vírus. Outro estabelecimento americano que cancelou atendimento foi o McDonald’s, que interrompeu suas atividades não apenas em Wuhan, mas também nas cidades de Huanggang, Ezhou, Xiantao e Qianjing, todas na província de Hubei. 

Além disso, os cinemas também foram alvo de restrição, já que vários filmes tiveram sua exibição cancelada ou adiada para evitar a aglomeração nos locais. Como no período estão sendo exibidos vários títulos de sucesso, a tendência é que as salas estivessem sempre cheias, se tornando um prato cheio para a disseminação do coronavírus. 

Outro ponto turístico que teve sua visitação proibida foi o Estádio Nacional de Pequim, também conhecido como Ninho de Pássaro, que serviu como palco de abertura e de encerramento dos Jogos Olímpicos de 2008. 

Mesmo que a impossibilidade de aproveitar a entrada do Ano Novo Lunar tenha irritado alguns chineses, muitos entenderam que as medidas foram importante para proteger a população e evitar que o proliferação do coronavírus tome maiores proporções.   

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.