Você sabia que aviões sem asas já foram projetados pela NASA?
59
Compartilhamentos

Você sabia que aviões sem asas já foram projetados pela NASA?

Último Vídeo

É difícil imaginar um avião sem asas voar, correto? Pois bem, isso já ocorreu como o modelo Northrop HL-10 criado pela NASA em 1966. Os modelos concebidos na década de 60 ficaram conhecidos pelo apelido informal de "banheiras voadoras" graças ao seu formato peculiar e à ausência total de asas. Essas aeronaves foram desenvolvidas para testes específicos que avaliassem as variações do grau de segurança, de pouso, de decolagem e as influências da aerodinâmica no formato do dispositivo.

O objetivo do projeto Northrop HL-10 foi aperfeiçoar os estudos de design das naves aeroespaciais, que poderiam permitir ida ao espaço e reentrada na atmosfera com maior segurança e menos custo. Devido aos modelos das "banheiras voadoras", o ônibus espacial foi concebido, já que foi possível retirar do projeto os elementos desnecessários de design com base nos testes anteriores.

Fonte da imagem: Reprodução/Mundo Gump

Os estudos realizados com o avião sem asas e seus modelos similares levaram quase dez anos e trouxeram resultados bastante significativos para os cientistas da NASA, como compreensões mais profundas da aerodinâmica em velocidades supersônicas (acima da velocidade do som). Com o Northrop HL-10, foi possível perceber que o fluxo de pressão diferencial na superfície superior e inferior da extremidade do bico desenvolve uma força de sustentação que aumenta significativamente a manobrabilidade da aeronave durante a descida da órbita – algo essencial nos tipos de voos pretendidos.

O principal desafio dos cientistas foi, por muito tempo, descobrir um método para fazer com que os materiais das aeronaves espaciais não derretessem quando adquirissem maiores velocidades ao adentrar na atmosfera, desacelerando com o tempo. Depois de inúmeras pesquisas, o modelo do Northrop HL-10 foi criado para ajudar nos testes que posteriormente levaram a criação do ônibus espacial.

Fonte da imagem: Reprodução/Mundo Gump

Entretanto, o Northrop HL-10 nunca foi ao espaço, pois as missões que o envolviam foram canceladas por diversas razões. Contudo, muitos testes foram realizados aqui mesmo, com voos que duravam entre quatro e sete minutos no máximo. Os aviões sem asas eram separados de aeronaves B-52 para então voarem independentemente. Muitos desses testes foram bem-sucedidos, enquanto em outros houve acidentes. De qualquer modo, o Northrop HL-10 foi essencial para o desenvolvimento do Space Shuttle, o ônibus espacial. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.