Em 1955, a revista Billboard publicou pela primeira vez a sua lista “Hot 100”, com as músicas que mais tocavam e vendiam nos Estados Unidos. De lá para cá, a relação se tornou uma das mais confiáveis na indústria musical, com todo mundo querendo um lugarzinho nesse ranking. O topo, é claro, é para poucos e bastante difícil de ser alcançado se o artista não estiver cantando em inglês.

Para surpresa de muitos, nesta semana “Despacito” chegou ao topo da parada, sendo a primeira música em espanhol a conseguir esse feito em 21 anos! Por isso, relembre as canções “estrangeiras” que já encabeçaram o hit parade mais invejado do mundo:

1. “Despacito” - Luis Fonsi, Daddy Yakke e Justin Bieber

Quando: maio de 2017
Semanas no topo: 1 (por enquanto)

Cantada pelos porto-riquenhos Luis Fonsi e Daddy Yankee, “Despacito” estrou nas rádios mundiais em janeiro deste ano. Em abril, foi lançado um remix da música, que incluía uma participação do ídolo teen Justin Bieber. Essa foi a tacada que faltava para a canção alcançar o topo da Hot 100 da Billboard.

2. “Wooden Heart” – Joe Dowell

Quando: agosto de 1961
Semanas no topo: 1

Essa música tem trechos em inglês e em alemão, sendo uma gravação livremente inspirada em uma canção do folclore da Alemanha. Nos Estados Unidos, ela debutou em uma versão cantada por Elvis Presley para o filme “Saudades de um Pracinha”, mas acabou estourando mesmo na sua versão original.

3. “Sukiyaki” – Kyu Sakamoto

Quando: junho de 1963
Semanas no topo: 3

A única música japonesa a chegar ao Top 10 dos Estados Unidos – e ainda liderar! – foi “Ue wo Muite Arukou”, que na terra do Tio Sam passou a se chamar “Sukiyaki”. O cantor e ator Kyu Sakamoto voltou aos noticiários em 1985, ao morrer no segundo maior desastre da aviação de todos os tempos, quando o avião em que ele estava colidiu com uma montanha e resultou na morte de 520 pessoas. Antes do impacto, ele conseguiu escrever um bilhete de despedida para a esposa.

4. “Rock me Amadeus” – Falco

Quando: março de 1986
Semanas no topo: 3

O cantor austríaco já havia feito um relativo sucesso com “Der Kommissar”, cantada em alemão, quando lançou “Rock me Amadeus”. Essa música pegou carona no sucesso do filme “Amadeus”, que ganhou Oscar de melhor filme, e liderou a parada da Billboard durante 3 semanas.

5. “La Bamba” – Los Lobos

Quando: agosto de 1987
Semanas no topo: 3

Em 1958, Richie Valens gravou essa música que chegou ao 22º lugar do Hot 100 da Billboard. Quase 30 anos depois, ela foi regravada por Los Lobos e liderou a parada depois de fazer parte do filme de mesmo nome que contava a trajetória meteórica de Valens, que morreu em um acidente aéreo.

6. “Dominique” – The Singing Nun

Quando: dezembro de 1963
Semanas no topo: 4

Jeanine Deckers foi uma freira belga que ocupou o mesmo lugar hoje preenchido por Rihanna, Beyoncé e outras divas pop. No final de 1963, ela fez muito sucesso com esta música em francês que fala de uma mulher muito dedicada à religião. Jeanine acabou tomando rumos muito inusitados para uma freira: largou o convento, defendeu ferrenhamente a pílula anticoncepcional e assumiu um relacionamento lésbico, antes de se suicidar em 1985.

7. “Nel Blu Dipinto di Blu (Volare)” – Domenico Modugno

Quando: de agosto a setembro de 1958
Semanas no topo: 5

Quase todo mundo conhece essa música como “Volare”, e ela já foi regravada por diversos artistas, de Luciano Pavarotti a David Bowie. Porém, foi a versão original de 1958 que explodiu nos EUA: o italiano Domenico Modugno venceu a competição Eurovision e cravou esse hino mundial.

8. “Macarena (Bayside Boys Mix)” – Los del Rio

Quando: de agosto a novembro de 1996
Semanas no topo: 14

É isso mesmo: foram 14 semanas como a música mais popular dos Estados Unidos. O fenômeno obviamente se espalhou pela Terra inteira. A dupla espanhola Los del Rio havia gravado a música em 1992, mas foi o remix de 4 anos depois que se tornou uma febre. Que atire a primeira pedra quem nunca dançou isso na vida.  

BÔNUS

9. “Gangnam Style” – PSY

O sul-coreano PSY virou um fenômeno mundial com seu “estilo de Gangnam”, em 2012. Essa foi a primeira música a atingir 1 bilhão de visualizações no YouTube, ocupando a primeira colocação em diversos países. No Hot 100 da Billboard, curiosamente, sua melhor posição foi um amargo segundo lugar.

***

O Mega está concorrendo ao Prêmio Influenciadores Digitais, e você pode nos ajudar a sermos bicampeões! Clique aqui e descubra como. Aproveite para nos seguir no Instagram e se inscreva em nosso canal no YouTube.