Imagens de satélite mostram o antes e o depois do desastre em Minas Gerais
977
Compartilhamentos

Imagens de satélite mostram o antes e o depois do desastre em Minas Gerais

Último Vídeo

Você já deve ter ouvido falar do rompimento da barragem de rejeitos da Samarco, do grupo de mineradoras Vale, que ocorreu no dia 5 de novembro, espalhou uma quantidade gigantesca de lama e inundou Bento Rodrigues, subdistrito de Mariana, distrito de Minas Gerais. A barragem que se rompeu foi a de Fundão, e esta afetou a de Santarém. As duas ficam a 124 km da capital de Belo Horizonte.

Mais seis pontos do distrito foram alcançados pela lama. O rio Gualaxo foi tomado pela conteúdo e o levou até Barra Longa, município que fica a 60 km de Mariana. O rio Doce também foi afetado, e o abastecimento de água foi prejudicado em Governador Valadares e em cidades do Espírito Santo. A lama chegou até mesmo a desembocar no mar, no município de Linhares, do estado capixaba.

Os números coletados até agora são impressionantes: 13 mortos, sendo que apenas oito deles foram identificados; 11 desaparecidos; aproximadamente 50 milhões de metros cúbicos de lama vazados das barragens; mais de 2 mil pessoas desabrigadas em todos os lugares afetados; a mineradora teve um bloqueio de bens em R$ 300 milhões e foi multada em R$ 250 milhões pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis, o Ibama; a Samarco também formou um acordo para a criação de um fundo de R$ 1 bilhão para o reparo dos danos causados.

O projeto Daily Overview, já citado anteriormente no Mega, que divulga uma série de imagens feitas por satélite para que tenhamos uma perspectiva diferente de vários lugares do mundo, postou recentemente duas comparações entre imagens de Bento Rodrigues antes e depois do desastre. 

Detalhe da destruição no subdistrito:

É realmente chocante, não? A recuperação de todas essas pessoas que perderam suas casas e familiares é lenta, e muitos locais estão até mesmo sem água. Você pode procurar um ponto de doação na sua cidade e ajudar como puder. Entidades do município de Piracicaba, por exemplo, conseguiram arrecadar aproximadamente 22 toneladas em doações, entre roupas, colchões, itens de higiene pessoal, água e outros donativos.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.