(Fonte da imagem: Reprodução/Inna-Marie Strazhnik/S.D. Porter/ARS/USDA)

Cientistas tailandeses descobriram uma nova espécie de mosca que pode ser considerada a menor do mundo. Mais finas do que um grão de sal, as moscas da espécie Euryplatea nanaknihali podem viver até mesmo dentro da cabeça de formigas decapitadas.

Os pequenos insetos depositam seus ovos no corpo da formiga. Depois de desenvolvidos, esses migram para a cabeça do inseto. Quando estão lá, as moscas se alimentam dos músculos bucais das formigas até que eles sejam extintos. Posteriormente, durante duas semanas elas se alimentam do cérebro do hospedeiro, fazendo o inseto vagar sem rumo até morrer.

Depois que a formiga morre, a mosca ainda sobrevive por outras duas semanas na cabeça decapitada do inseto, antes de virar adulta e voar. A mosca parasita de formigas pode crescer a até 0,16 polegadas (o equivalente a 4 milímetros) de comprimento.

Fonte: Live Science