Conheça a aranha-pavão-da-cara-azul e seu incrível ritual de acasalamento
64
Compartilhamentos

Conheça a aranha-pavão-da-cara-azul e seu incrível ritual de acasalamento

Último Vídeo

Você conhece o Peacokspiderman (homem-aranha-pavão)? Bem, se não conhece, você pode assistir o vídeo no topo da matéria ou clicar aqui para ver outra matéria com vídeo produzido por Jürgen Otto, o Peacockspiderman, e conferir o seu trabalho. Apenas para situar os leitores, Otto é um biólogo aficionado pelas espécies de aranha-pavão no Departamanto Australiano de Agricultura em Sidney e faz vídeos dos rituais de acasalamento de espécimes desse tipo de aranha. Sempre com um fundo musical, os precisos movimentos dos insetos deixariam até Michael Jackson, no mínimo, satisfeito.

Recentemente, o Peacokspiderman produziu um novo vídeo (topo) com uma nova espécie de aranha-pavão descoberta, a Maratus personatus. As aranhas-pavão macho comuns (maratus volan) possuem uma área colorida sobre o abdômen que exibem para cortejar a fêmea, semelhante ao processo de cortejo das aves coloridas que lhe renderam o apelido. Já a espécie descoberta, presente no vídeo no topo da matéria, possui um diferencial que lhe dá outro apelido: aranha-pavão da cara-azul. Isso porque ela possui uma faixa azul na região dos olhos, destacando essa região em relação ao resto do corpo coberto de linhas pretas e brancas.

Uma espécie de aranha-pavão realizando o ritual de acasalamento. Os machos abrem a extensão colorida sobre o abdômen para impressionar a fêmea

Com relação à dança de acasalamento, os movimentos da cara-azul são parecidos com os das outras aranhas de sua espécie, porém as aranhas-pavão comum logo fazem uma dança do ventre para exibirem sua extensão colorida. Já a espécie M. personatus realiza os movimentos com seus apêndices e pedipalpos para ser notado pela fêmea e o seu ponto para conquista-la seria então a faixa azul que possui nos olhos. Bem, a performance como um todo, você pode conferir no vídeo no início da matéria.

As aranhas-pavão-da-cara-azul foram descobertas em 2013, mas somente há pouco mais de uma semana é que Jürgen Otto e seu colega, pesquisador de aranhas na Carolina do Sul, David Hill, revelaram seus detalhes. A descrição foi feita em um estudo publicado no jornal Peckhamia, no dia 28 do último mês de julho.

Alguns outros detalhes sobre as espécies Maratus personatus também chamam a atenção. Primeiro o tamanho, o qual varia de 3,8 a 4,6 milímetros aproximadamente. Ou seja, são extremamente pequenas e, por isso, não oferecem riscos aos humanos, pois suas presas, de tão minúsculas, não são capazes de perfurar a pele humana.

O estudo das aranhas-pavão

Segundo contou em entrevista ao site live Science, o biólogo Jürgen Otto ficou interessado pelo estudo das aranhas-pavão quando estava caminhando em uma mata localizada próxima a Sydney, na Austrália. Ele afirmou que o ponto que chamou a atenção para as pequenas aranhas foi a agilidade apresentada ao pular. Até então, Otto não sabia como mera o processo de acasalamento dessa espécie de aranha. Quando aprendeu mais sobre esse comportamento, ficou fascinado.

“Muitos associam comportamentos complexos a animais de maior porte, geralmente vertebrados, e ninguém espera encontrar um comportamento parecido em invertebrados de tamanho bem menor, como as aranhas, que ainda são odiadas por grande parte das pessoas”, disse Otto. O pesquisador gostou tanto dos movimentos que fazem parte dos rituais de acasalamento das diferentes espécies de aranhas-pavão, que decidiu que iria registrar em vídeo.Assim nasceu o canal no YouTube Peacockspiderman, onde os vídeos são publicados desde 2011.

A aranha-pavão-da-cara-azul não possui a extensão colorida sobre o abdômen, mas também realiza danças de acasalamento

Estima-se que existam 40 espécies de aranhas-pavão, já contando as duas que abordamos no texto. Do total, oito vivem na mata próxima a Sydney e as 32 restantes são endêmicas de outras regiões da Austrália. Além da Maratus personatus, também neste ano, Otto catalogou outras duas espécies, sendo uma a Maratus jatctatus e Maratus sceletus. Ambas possuem estilos diferentes de acasalamento.

E aí, qual a sua impressão sobre a minúscula aranha-pavão-da-cara-azul? Dê a sua opinião no Fórum do Mega Curioso!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.