12 tipos de alfabetos usados em tempos medievais
115
Compartilhamentos

12 tipos de alfabetos usados em tempos medievais

Último Vídeo

Desde os tempos mais remotos da humanidade, a história da escrita sempre foi motivo de muitas pesquisas por estudiosos de todos os cantos do planeta. Pelo que já está definido em diversos estudos, os primeiros rastros da escrita datam do final do quarto milênio a.C. — o cuneiforme mesopotâmico e os hieróglifos egípcios, no Oriente Médio.

O primeiro alfabeto consonantal teria surgido por volta de 2000 a.C., representando o idioma dos trabalhadores semitas no Egito — influenciado pelos princípios alfabéticos da escrita hierática egípcia. Desde então, todos os alfabetos são “filhos” diretos deles. Confira alguns dos alfabetos mais bonitos que foram utilizados em séculos passados:

1 — Padrão anglo-saxão, nos séculos 8 e 9

Book of Ornamental Alphabets

2 — Usado em Roma, no século 16

3 — Cheio de desenhos e com os numerais, no século 11

4 — Comum em escrituras latinas, no século 13

5 — Com letras tortas, comum na Europa em 1340

6 — Com enfeites ornamentais, nos séculos 15 e 16

7 — Usado por Henrique VIII, século 16

8 — Gótico, século 16

9 — Com detalhes em placas, no século 16

10 — Usado pelo Vaticano, no século 16

11 — Usado por Ricardo II, no século 14

12 — Usado na Bíblia de Gutenberg, no século 12

***

E você, leitor, se lembra de mais algum alfabeto estilizado? Não deixe de compartilhar sua opinião com a gente nos comentários abaixo.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.