(Fonte da imagem: Reprodução/JCB)

Observe a imagem acima. Ela parece ter sido capturada com a ajuda de um poderoso microscópio, não é mesmo? Mas a verdade é que ela foi criada por cientistas, que utilizaram uma imagem de 281 gigapixels conseguida por meio de uma nova técnica chamada nanoscopia. Isso consiste em combinar milhares de imagens para montar um gigantesco mapa celular.

A imagem mostrada nesta notícia é de um embrião de um peixe-zebra. Você pode conferi-la em tamanho completo por este link, podendo ainda aplicar zoom para visualizar ainda mais de perto os pequenos elementos existentes na célula mostrada. Em breve novas células devem ser mapeadas e publicadas, mas ainda não há confirmação de datas ou de qual será a célula pesquisada.

Fonte: CNET e JCB