A história do soldado que não conseguia parar de comer
1.592
Compartilhamentos

A história do soldado que não conseguia parar de comer

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Terrare foi um soldado francês nascido em 1772, em Lyon, que ficou conhecido não por seu desempenho militar, mas sim por seus hábitos alimentares. Desde cedo, Terrare comia muito, muito mesmo – só para você ter ideia, ele era capaz de engolir uma quantidade de comida equivalente ao seu próprio peso no intervalo de apenas um dia.

Apesar do grande apetite, Terrare pesava apenas 45 kg, e seu talento para comer fazia com que ele devorasse outras coisas além de comida propriamente dita. Por isso, o jovem não via problema em ingerir rolhas, pedras, cestas e animais vivos – até mesmo porque ele descobriu que, dessa maneira, poderia ganhar dinheiro fazendo apresentações públicas.

Sua carreira como soldado começou com a Revolução Francesa, mas pouco depois de ser admitido no exército, foi encaminhado ao hospital por causa do seu estado constante de exaustão. Quando os médicos perceberam os padrões absurdos de alimentação de Terrare, passaram a realizar alguns experimentos para descobrir o que havia de diferente com o jovem.

Insaciável

Na frente da equipe médica, Terrare foi capaz de devorar as refeições que haviam sido preparadas para 15 pessoas de uma só vez. Ele também mostrou que era capaz de comer gatos, cobras e lagartos vivos – na verdade, o jovem soldado chegou a engolir uma enguia sem mastigar.

Os funcionários do hospital começaram a ficar com muito medo quando Terrare escapou de seu quarto e foi encontrado bebendo sangue e mordendo corpos do necrotério. Na mesma época uma criança de 14 meses desapareceu da enfermaria, e todas as acusações se voltaram para o soldado, que foi expulso da instituição e proibido de voltar.

Uma vez que o exército francês descobriu que o apetite de Terrare ia além do que qualquer mortal poderia imaginar, ele foi recrutado novamente e treinado para virar espião e engolir documentos das tropas inimigas. O plano, obviamente, não deu muito certo.

Terrare passou seu pouco tempo de vida buscando saciar sua fome gigantesca, chegando a comer alimentos estragados e carne apodrecida. Morto em 1798, sua autópsia revelou que o jovem francês tinha esôfago, fígado, vesícula e estômago em tamanhos bem maiores do que o normal. Até hoje, no entanto, não se sabe por que ele comia em quantias tão absurdas.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.