Já existem tecnologias que nos podem ajudar a escolher o que vestir todos os dias, e até mesmo aquelas que nos mostram de antemão como nossas criações podem ficar. Mas imagine ter no armário uma peça de roupa que você pode transformar com um simples pensamento. Basta você se concentrar para que o vestido mude de cor, luzes se acendam ou para que a saia se mova em seu corpo.

Criado pela designer Nange Magro, este vestido, batizado de Mechapolypse, pode ser controlado dependendo do nível de concentração cerebral da pessoa que o está vestindo, refletindo suas sensações. Magro — que está cursando um mestrado em Moda Digital em Londres — é uma apaixonada por roupas eletrônicas e materiais como o látex, além de se interessar pelo lado surreal e obscuro da realidade.

Para criar o vestido, ela misturou materiais orgânicos e eletrônicos, que permitem que o vestido “reaja” de acordo com os pensamentos da pessoa usando a peça, acendendo luzes ou movendo a saia de lugar. Embora a designer não tenha divulgado maiores informações sobre o projeto, já existem imagens do protótipo do vestido mutante, que você pode conferir na galeria abaixo.

Talvez o modelito não agrade muito e a ideia pareça um pouco bizarra, mas certamente fará com que muitos comecem a imaginar as muitas possibilidades que a roupa pode oferecer.