Dica, leia esse post ao som de:

1. Um mês antes já começava o alvoroço! Era preciso juntar as tais das “prendas” (brindes) para as brincadeiras.

2. Aí era uma correria para pedir coisas pra mãe, vó, vizinhos.

3. As aulas de Educação Artística eram destinadas à produção de bandeirinhas...

4. Dos convites e de outras decorações para a festa.

5. As de Educação Física? Ensaios das coreografias das quadrilhas.

6. Chegava o grande dia. Sua mãe já deixava separado o seu vestido quadriculado. Se você é menino, ela pegava aquela calça jeans meio velha e costurava uns remendos de tecidos coloridos.

7. O chapéu de palha era item obrigatório! Se você era menina e tinha cabelo mais curto, eles já vinham com duas trancinhas presas.

8.  E você não podia se esquecer das pintinhas feitas de lápis nas meninas e do bigode nos meninos.

9. Chegando à festa, você já corria para o Caixa comprar várias fichas para doces, salgados, refrigerantes e brincadeiras.

10. A festa tinha várias barraquinhas com comidas e jogos que, normalmente, ficavam sob responsabilidade dos seus professores.

11. Era espetinho, pipoca, algodão-doce, milho, pinhão, doce de abóbora, amendoim, pé de moleque...

12.   E as brincadeiras? Tinha pescaria...

13. Boca do palhaço...

14. E, a cada acerto, era uma alegria na hora de abrir o pacotinho da prenda!

15. Mas sempre era algum brinquedo velho, uma lata de conserva, um sabonete ou um CD de um artista que ninguém queria ouvir.

16. Se você tivesse sorte, poderia ganhar uma caixinha de estalinhos!

17.  Tinha a cadeia também! Confesse, você pagava para prender um amigo e aquela paquera com quem ele morria de vergonha de conversar. 

18. E também o Correio Elegante, outra maneira de tentar ficar mais próximo do gatinho da escola.

19. No meio da tarde, chegava a hora de as quadrilhas começarem. Era uma gritaria dos seus professores para reunir a turma toda!

20. A roda se abria e vocês entravam em pares, todos pulando ao som dessas músicas clássicas:

Pula a fogueira iaiá
Pula a fogueira ioiô
Cuidado para não se queimar
Olha que a fogueira já queimou o meu amor”

“O balão vai subindo, vem caindo a garoa
O céu é tão lindo e a noite é tão boa
São João, São João!
Acende a fogueira no meu coração!”

“Eu pedi numa oração
Ao querido São João

Que me desse um matrimônio
São João disse que não!
São João disse que não!
Isso é lá com Santo Antônio!”

21. Às vezes as professoras simplesmente colocavam o CD da Xuxa e deixavam rolando.

22. Alguém sempre gritava: “Olha a cobra! É mentira”.

23. E ainda acontecia o famoso casamento caipira.

24. Logo, vocês já estavam com os chapéus nas mãos abanando e dando tchau para toda a família, que ficou lutando por um lugarzinho para tirar as melhores fotos e não perder nada do filme Kodak de 24 poses.

25. Aí era hora de escolher o Rei e a Rainha! Poderiam existir outras variações, como “Cowgirl” e “Cowboy” ou o prêmio para a “prenda” da festa!

26. E o dia sempre acabava com seus pais jogando bingo em uma mesa cheia de “porcarias” (já dizia sua mãe) que você ganhou nas brincadeiras.

*Publicado em 09/06/2015