(Fonte da imagem: Reprodução/Tood McLellan)

A maioria de nós somente desmontaria um eletrônico ou eletrodoméstico qualquer para tentar consertar algum defeito. Quando muito, por curiosidade. Entretanto, existem fotógrafos que dedicam muito tempo e paciência na “desconstrução” desses objetos para compor imagens incríveis com seus interiores.

A fotógrafa Brittny Badger, por exemplo, decidiu desmontar e fotografar vários eletrodomésticos como parte de sua tese. Ela conseguiu os aparelhos em lojas de segunda mão ou através de doações de seus colegas. Os pais da moça também contribuíram, oferecendo eletrodomésticos dos anos 70 que faziam parte dos presentes de casamento dos dois. Entre os “modelos”, a fotógrafa reuniu um aspirador de pó, sanduicheira, ferro de passar roupas, cafeteira, torradeira, batedeira e até uma faca elétrica.

A desconstrução e o caos

O fotógrafo canadense Tood McLellan realizou um trabalho similar, desmontando, organizando e depois criando um verdadeiro caos com as peças que compõem objetos como um relógio, máquina de escrever, despertador, telefone, máquina fotográfica e até um cortador de grama.

O maior desafio é olhar para as imagens e tentar decifrar onde cada uma das peças deve se encaixar.

Veja o resultado da desconstrução e caos na galeria abaixo, começando pelo trabalho de Brittny: