Esta festa da família Rothschild foi a mais louca de todos os tempos
323
Compartilhamentos

Esta festa da família Rothschild foi a mais louca de todos os tempos

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Você já ouviu falar a respeito dos Rothschild? Nós já falamos sobre eles aqui no Mega Curioso e, caso você não saiba, os membros da família acumularam juntos a maior fortuna privada de todos os tempos — estimada em mais de 1 trilhão de dólares! Você pode saber como é que os Rothschild juntaram tanto dinheiro através deste link, mas, hoje, vamos falar de outra coisa que esses ricaços fizeram.

Em dezembro de 1972, a família deu uma festa, mas não foi qualquer festa! Os Rothschild deram “a festa”, uma reuniãozinha a fantasia para amigos que está entre as mais loucas e bizarras que já aconteceram na História. O tema? O Surrealismo. Além de contar com muitos ricos e poderosos da época, a celebração chegou a ser associada com os Illuminati. Saiba mais como foi esse festão abaixo.

Festa estranha com gente esquisita...

A festa aconteceu no Château de Ferrières, um castelinho — humilde — construído pela família próximo a Paris. As excentricidades da festa começaram pelo convite, escrito de trás para frente, de forma que, para ler o conteúdo, os convidados tinham que parar diante de um espelho. Veja a seguir:

Convitinho da festança

Mas o convite era meio misterioso, já que não revelava muitas informações além do local e data da festa e o tipo de traje que deveria ser usado pelos convidados: black tie ou longo e cabeça surrealista. E, no dia da reunião, o Château foi iluminado especialmente para a ocasião com luzes cor de âmbar, para dar a impressão de que o castelo estava em chamas.

Château de Ferrières

Nas escadarias de acesso ao château, os convidados eram recepcionados por pessoas fantasiadas de gatos deitadas em diferentes posições, como se fossem bichanos dormindo. Já no interior do castelo havia teias de aranha penduradas no teto, e os visitantes tinham que percorrer um labirinto infernal — e pedir socorro! — para chegar até uma antessala.

Uma vez lá, os gatos da festa conduziam os convidados até uma nova sala, onde eles eram recepcionados por Marie-Hélène de Rothschild, a dona da casa. Só depois os visitantes eram levados ao salão de baile onde a festa estava acontecendo. Aliás, veja o modelito escolhido pelos anfitriões abaixo:

Guy e Marie-Hélène de Rothschild

A roupa de Guy de Rothschild, dono da casa, não era assim tão extravagante. Entretanto, a escolhida por Marie-Hélène... Ela optou por usar uma máscara de cabeça de veado dourada adornada com um par de chifres e lágrimas de diamante — de verdade!

Convidados ilustres

Salvador Dalí e uma das convidadas

É claro que o rei do surrealismo, o artista espanhol Salvador Dalí, não podia faltar à festa! E, além de ele criar algumas das fantasias usadas na festa, mais tarde Dalí revelou que ficou impressionado com o que viu no château dos Rothschild. Teve gente com ninho de passarinho na cabeça e até pessoas que colocaram a cabeça inteira dentro de gaiolas — como foi o caso de Audrey Hepburn:

Audrey engaiolada

Outros optaram por peças superelaboradas:

Fantásticas

Superproduzidas:

Espalhafatosas

Supermaquiadas:

Incomuns

Superestranhas:

Estrambólicas

E superbizarras mesmo:

Estapafúrdias

Teve ainda quem lançou mão de ideias simples, mas superoriginais, como a mulher a seguir, que foi à festa usando uma máscara inspirada no quadro “O Filho do Homem”, do pintor — surrealista, evidentemente! — René Magritte. Veja:

Originais

Uma das fantasias mais chamativas da festa foi a usada pelo Barão Alexis de Redé. Criada por Salvador Dalí, ela consistia em quatro máscaras que, segundo dizem, simbolizavam o controle sobre os quatro cantos do mundo. Confira a peça abaixo:

Exóticas

Por certo, veja o Barão acompanhado pela Sra. Espírito Santo:

Casal esquisitão

O cardápio repleto de excentricidades

Algumas das mesas dos convidados foram decoradas com corpos de bonecas mutilados, cabeças estraçalhadas e figuras que pareciam saídos de rituais de vodu.

Decoração surreal

Outras pareciam verdadeiras obras de arte surrealistas.

Surreal mesmo

Tinha as que pareciam convites a banquetes canibais.

Vai um manequim com rosas aí?

E outras ainda não eram o que podemos chamar de especialmente convidativas.

Porque, né? Prato de pelos!?! Quem ia querer comer em um troço desses?

Enfim, como você acabou de ver nas imagens acima — que vazaram em meados dos anos 90 —, a festa foi pra lá de louca. E você se lembra que mencionamos no início da matéria que a celebração chegou a ser associada aos Illuminati?

Depois do baile, surgiram rumores de que os poderosos Rothschild tinham ligações com a sociedade secreta, e muita gente chegou a encontrar paralelos entre a decoração da festa — como as cabeças engaioladas, os ídolos dourados etc. — com os ideais dos Illuminati. Mas, é claro, tudo não passou de pura especulação.

***

E aí, caro leitor, o que você achou da festa? Você gostaria de poder participar de algo parecido? Já esteve em alguma festa muito — muito — louca? Conte para a gente nos comentários!

*Publicado em 15/6/2016

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.