(Fonte da imagem: Portal Elat)

Todos já devem ter presenciado a ocorrência de raios durante alguma tempestade, vendo-os se formar nas nuvens e atingir o solo em algum lugar, de preferência bem longe de onde nos encontramos. Mas você sabia que também existem raios ascendentes, que são produzidos aqui na superfície e sobem em direção às nuvens?

De acordo com uma notícia publicada pela Agência FAPESP, um desses fenômenos ocorreu neste inverno, sendo registrado pelos pesquisadores do Elat — Grupo de Eletricidade Atmosférica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) — durante uma tempestade em São Paulo.

O raio partiu de uma das torres de telecomunicações localizadas no Pico do Jaraguá, subindo em direção às nuvens e propagando-se no céu. Segundo os pesquisadores, o que mais chamou a atenção nesse episódio foi a ausência de indícios de atividade elétrica na nuvem e a quase total inexistência de raios durante a tempestade, revelando, de forma inédita, que esse tipo de fenômeno também pode ocorrer independente da ocorrência de raios descendentes.

Fonte: Agência FAPESP