Veja como é mergulhar entre dois continentes no meio da Islândia [vídeo]
350
Compartilhamentos

Veja como é mergulhar entre dois continentes no meio da Islândia [vídeo]

Último Vídeo

Quando pensamos na distância entre continentes, a ideia que normalmente temos é de quilômetros e quilômetros de terra ou água separando um do outro, mas na Islândia essa noção é um pouquinho diferente. Isso porque o país é cortado de norte a sul pela Dorsal Mesoatlântica, uma cordilheira submarina formada no limite entre a placa tectônica da América do Norte e a da Eurásia.

Um dos pontos dessa cordilheira é a fissura Silfra, onde é possível mergulhar entre as duas placas, que estão se afastando aos poucos, em uma razão de cerca de 2 centímetros por ano. Isso tem causado terremotos aproximadamente uma vez a cada década, mas não impede que mergulhadores visitem o local para ter uma das experiências mais impressionantes de suas vidas.

A oportunidade de tocar dois continentes durante um único mergulho, aliada a uma visibilidade de mais de 90 metros na maior parte do tempo, devido à pureza da água, é algo simplesmente irresistível. É um lugar que certamente vale visitar, mesmo considerando sua temperatura glacial, uma vez que durante praticamente o ano todo o termômetro nunca marca mais do que 1 ºC ou 2 ºC.

Qual foi o lugar mais bonito que você já visitou? Comente no Fórum do Mega Curioso

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.