Mais 7 tesouros misteriosos que ainda não foram encontrados
158
Compartilhamentos

Mais 7 tesouros misteriosos que ainda não foram encontrados

Último Vídeo

Recentemente, você pôde conferir aqui no Mega Curioso o artigo com os nove tesouros que ainda não foram encontrados. Agora, vamos lhe apresentar mais sete desses tesouros cheios de mistérios que podem estar dando sopa pelo mundo de acordo com o List Verse.

São riquezas perdidas há muito tempo e de que ninguém nunca conseguiu muitas pistas de onde estão. Muitos são esquecidos, porém outros são caçados até hoje. Imagina encontrar um desses? Confira abaixo quais são eles:

7 – O tesouro do Álamo

Para quem não conhece a história desse lugar, o Álamo é o nome de uma antiga expedição missionária e de um forte em San Antonio, no atual Texas, Estados Unidos.

Atualmente funcionando como um museu, este forte tinha uma igreja cercada por outras construções feitas pelos espanhóis cristãos no século XVIII para a catequização de nativos indígenas. Porém, quando o México conseguiu a independência da Espanha, os espanhóis abandonaram o forte.

Lá aconteceu uma das batalhas mais famosas da história americana, quando 188 homens entraram em confronto com o poderoso exército mexicano de Santa Ana. Mas o que muita gente não sabe é que existe uma lenda de um grande tesouro, com itens de ouro e prata, que poderia estar enterrado em algum lugar das terras do Álamo.

O pesquisador histórico (e caçador de tesouros) Frank Buschbacher acredita que, em um esforço para promover uma revolução contra o México e declarar a independência do Texas, alguns homens podem ter levado uma fortuna para o local. O dinheiro seria para recrutar um bom exército e pagar pela guerra que se aproximava.

Ele foi chamado de tesouro San Saba e provavelmente perdido quando todos os 188 homens perderam as suas vidas na famosa batalha. Muitos acreditam que o tesouro esteja enterrado embaixo do complexo do Álamo. Porém, nunca nenhum traço de ouro e prata foi encontrado naquele lugar.

6 – O tesouro de Dutch Schultz

O gângster Dutch Schultz construiu uma rede criminosa que incluía contrabando, jogo ilegal e assassinato na década de 1930. Ele foi um dos mafiosos mais famosos da história americana.

Acredita-se que ele tenha acumulado uma grande fortuna devido aos seus crimes. No entanto, todo o seu dinheiro e riquezas despareceram sem deixar vestígios depois que ele passou a ser perseguido pelos federais. Muitos acreditam que ele possa ter escondido o seu tesouro em algum lugar próximo das Montanhas de Catskill, no estado de Nova York.

Quando Schultz foi morto a tiros em 1935, o local exato de sua vasta fortuna morreu com ele. Existem opiniões diferentes sobre o que aconteceu com o seu tesouro ou mesmo se era tão grande assim.

Porém, a maioria das estimativas declara que a sua fortuna estaria entre 5 e 10 milhões de dólares, que ele teria escondido em uma caixa de ferro em algum lugar na área densamente florestada próxima às montanhas. Mas até hoje nenhum indício foi encontrado.

5 – Tesouro de Victorio Peak

Victorio Peak é uma parte das Montanhas Rochosas do Sul, localizada no Novo México, nos Estados Unidos. Em 1937, um homem chamado Doc Noss (e sua esposa Babe) estava com amigos caçando cervos quando ele descobriu um poço velho ao lado de Victorio Peak.

Doc e sua esposa retornaram mais tarde para explorar o local, onde eles teriam encontrado esqueletos, ouro, joias e artefatos históricos. Em 1938, Doc conseguiu estabelecer o local como sua propriedade legal.

Em 1939, em uma tentativa de expandir a passagem do poço, Doc foi aconselhado a usar dinamite, que acabou com tudo, fechando a entrada da mina, que nunca mais pôde ser aberta. Noss foi assassinado em 1949 por um parceiro ambicioso. Mas, até hoje, a família Noss continua a tentar a abrir a passagem do poço, sem que algo fosse encontrado.

4 – A fortuna do roubo Lufthansa

O assalto Lufthansa foi um roubo de grandes proporções que aconteceu no Aeroporto Internacional John F. Kennedy, em 11 de dezembro de 1978. Estima-se que 5 milhões dólares em dinheiro e 875 mil em joias tenham sido roubados, tornando-se, na época, aquele que foi o maior roubo de dinheiro cometido em solo americano.

O assalto inspirou dois filmes da televisão norte-americana, The 10 Million Dollar Getaway e The Big Heist, além de ser um elemento-chave na trama do famoso filme de 1990, Goodfellas (no Brasil, o filme teve o nome de Bons Companheiros), dirigido por Martin Scorsese.  

Com os valores corrigidos para os dias de hoje, daria cerca de 20 milhões de dólares. O roubo foi feito por mafiosos, incluindo Henry Hill, que foi interpretado pelo ator Ray Liotta em Goodfellas, e até hoje nenhuma das joias ou dinheiro foi recuperado.

Uma das razões para isso, provavelmente, foram os atos de extrema violência contra os homens que participaram do assalto. Essas mortes foram encomendadas por Jimmy Burke, que orquestrou todo o crime e percebeu que ele geraria uma investigação federal maciça.

Como parte de seu plano para fazer aquela boa e velha queima de arquivo, ele teve quase todos os membros de sua quadrilha assassinados para mantê-los quietos para sempre. Acredita-se que parte do dinheiro do assalto tenha sido gasto e usado em tráfico de drogas, mas a maior parte nunca foi encontrada.

3 – A Sala de Âmbar

A Sala de Âmbar é um dos tesouros perdidos mais procurados na História. O quarto, que é um pequeno espaço criado inteiramente com painéis de âmbar folheados a ouro, pedras preciosas e espelhos, foi construído no século XVIII por Friedrich I, o primeiro rei da Prússia.

Ela foi considerada “A Oitava Maravilha do Mundo" e foi um presente para Pedro, o Grande , em 1716 , para celebrar a paz entre a Rússia e a Prússia. Permaneceu como propriedade da Rússia até a Segunda Guerra Mundial, quando os nazistas tomaram controle do local onde ela estava.

Todo o tesouro teria sido levado por eles para o Castelo de Königsberg, na Alemanha, mas em 1944 as forças aliadas destruíram a cidade e deixaram do castelo em ruínas, então a Sala de Âmbar teria sido perdida para sempre.

Porém, até hoje ninguém sabe ao certo o que aconteceu com a sala, embora a completa destruição pareça ser a explicação mais provável. Ainda assim, tornou-se o tema da mitologia popular. Ele também carrega consigo uma suposta maldição, que você pode conferir com mais detalhes neste outro artigo do Mega Curioso.

2 – O ouro de Leon Trabuco

No início de 1930, os Estados Unidos estavam em meio à Grande Depressão e o preço do ouro estava prestes a explodir. Tendo essa oportunidade em vista, um milionário mexicano chamado Leon Trabuco resolveu tentar uma jogada de mestre. Ele fez vários voos secretos e misteriosos ao deserto do Novo México. Mas para quê?

A história conta que Trabuco e alguns parceiros de negócios compraram secretamente todo ouro que conseguiram e foram armazenando, esperando os preços do ouro subir para que pudessem vendê-lo por uma grande fortuna. Acredita-se que eles tenham acumulado mais de dezesseis toneladas de ouro e escondido no deserto do Novo México.

No entanto, quando subiu o preço do ouro, em vez de vendê-lo, Trabuco e seus parceiros seguraram mais um pouco com a esperança de que os preços continuariam a subir mais e mais. O problema foi que eles calcularam mal o impacto da Lei do Ouro, uma vez que trazia consigo a condição de que a propriedade privada de ouro seria ilegal, levando Trabuco para trás das grades.

Como tantas outras histórias de tesouros que vemos por aí, esta supostamente também trazia consigo uma maldição. Três dos parceiros de Trabuco foram mortos em cinco anos e, quando o próprio Trabuco morreu, o conhecimento da localização do esconderijo de todo o ouro morreu com ele.

1 – O tesouro do Barba Negra

Barba Negra foi um dos piratas mais famosos da História. Ele navegava pelos mares do Caribe e na costa leste das colônias da América. Em 1996, arqueólogos descobriram um naufrágio na costa da Carolina do Norte, a menos de 1,5 quilômetro da costa e apenas 7,6 metros abaixo do nível do mar.

Apesar de não ser raro encontrar um navio antigo no mar, este era especial e talvez uma das maiores descobertas marítimas da história da caça ao tesouro. Isso porque muitas pessoas acreditam que este navio era o Queen Anne Revenge, de propriedade do pirata Barba Negra.

Em 1718, o Queen Anne bloqueou o porto de Charleston e logo depois encalhou em um banco de areia. Mas qual era o fator que fez da descoberta algo tão incrível? O primeiro motivo é porque o Barba Negra era um pirata muito bem-sucedido e rico, e a localização do seu maior e mais conhecido navio significa que boa parte de sua fortuna pode estar localizada na costa da Carolina do Norte.

Porém, assim como os outros tesouros da lista acima, nada foi encontrado da riqueza de Barba Negra. Dizem que, antes de morrer, o famoso pirata foi questionado sobre a localização de seu tesouro. Ele teria respondido: “Só eu e o diabo sabemos”.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.