Quando surgiram as grandes metrópoles do mundo?
155
Compartilhamentos

Quando surgiram as grandes metrópoles do mundo?

Último Vídeo

Muita gente está falando que o mundo está se urbanizando mais rápido, com mais de metade da população vivendo em metrópoles e cidades. No entanto, você sabe quando surgiram essas cidades enormes que conhecemos hoje ao redor do mundo?

A origem da civilização como conhecemos é antiga, mas o crescimento foi bem acelerado: um estudo feito por pesquisadores da Universidade de Yale examinou a forma como historiadores mediram o tamanho e a densidade das cidades – desde os agrupamentos mais antigos até as megalópoles de hoje – e acabaram descobrindo algumas coisas bem interessantes.

Uma das coisas bacanas foi que o grupo transcreveu e organizou a informação de estudos antigos e criou um dos formatos mais compreensíveis a respeito da urbanização mundial, que começou há mais de 6 mil anos.

Usando esses dados, Max Galka, da Metrocosm, montou um vídeo que mostra essa evolução das cidades em 3 minutos, compreendendo o período que começa em 3700 a.C. e vai até 2000 d.C. É possível ver o aparecimento das cidades como pontos que indicam quando surgiram os primeiros registros históricos e arqueológicos de população naquela região.

Vale apontar que as datas não correspondem necessariamente ao nascimento da cidade de fato – quanto mais recente for a metrópole, mais vermelho o ponto fica. Galka também incluiu informações interessantes a respeito do contexto do surgimento dos locais. É impressionante perceber o "boom" na criação de civilizações nos últimos séculos.

O documento oficial publicado pelos pesquisadores de Yale explicou o real significado desse trabalho. "Seja como uma resposta a catástrofes, entrega de suprimentos em caso de desastres, avaliando os impactos do homem na natureza ou estimando as populações vulneráveis ao redor do mundo, é essencial saber onde as pessoas e cidades estão distribuídas geograficamente", diz o relatório.

"Além disso, a habilidade de geolocalizar o tamanho e a localização das populações humanas ao longo do tempo nos ajuda a entender a evolução das características das espécies humanas, especialmente suas interações com o ambiente".

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.