Como seria a montanha-russa feita para matar todos os passageiros?
727
Compartilhamentos

Como seria a montanha-russa feita para matar todos os passageiros?

Último Vídeo

Euthanasia Coaster é um conceito de montanha-russa feita para matar todos os seus passageiros. A ideia bizarra surgiu em 2010, quando Julijonas Urbonas – candidato a PhD na Royal College of Art, em Londres – resolveu criar um brinquedo que “tirasse a vida das pessoas com elegância e euforia”.

Ao embarcar na máquina, a pessoa seria exposta a uma série de emoções intensas, conduzidas por experiências únicas: primeiro, a euforia da subida, depois o medo na velocidade da descida, a perda de consciência e, por último, possivelmente a morte.

A ideia foi criada com a soma de pesquisas com base na medicina, mecânica, engenharia, tecnologia de materiais e, claro, a atuação da gravidade. Segundo Urbonas, o equipamento seria uma “celebração aos limites humanos”.

A montanha-russa segue uma fórmula bastante interessante para matar. Após descer a primeira etapa, o carrinho embarca em uma série de loops, que fazem com que os indivíduos sejam expostos a uma aceleração de 10 G por cerca de um minuto – e esse seria o fator da morte.

Com a força, todo o sangue passa a ocupar as extremidades baixas do corpo, deixando o cérebro sem circulação. Astronautas e pilotos de caças supersônicos passam por treinamentos para aguentar a força G durante alguns segundos, mas – segundo Julijonas Urbonas – ninguém ainda experimentou uma velocidade tão grande por tanto tempo.

Para Urbonas, a montanha-russa da eutanásia poderia ser vista como uma forma de abreviar a vida no futuro, deixando de lado técnicas médias e procedimentos diversos, tudo de uma forma mais poética, para que a vida termine em uma imensa aventura.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.