(Fonte da imagem: Thinkstock)

Apostamos que quase todos os banheiros que você já visitou contam com vasos sanitários feitos de porcelana. E alguma vez você se perguntou por que é que eles não são feitos de qualquer outro material? Afinal, o que não faltam por aí são novidades tecnológicas e novos materiais, então por que não dar uma inovada no bom e velho troninho?

De acordo com Rachel Swaby, que escreveu um interessante artigo para o site Gizmodo, embora não faltem novidades quando o assunto são os assentos — você já deve ter se sentado em modelos feitos de madeira, almofadados, com desenhos etc. —, existem várias razões para os vasos se manterem fiéis à tradicional porcelana.

Eficiência tradicional

Para serem eficientes, esses objetos devem ser capazes de “descarregar” dejetos, além de serem à prova d´água, resistentes e fáceis de higienizar. Além disso, eles são compostos por inúmeras partes complicadas e, dependendo do material, sua fabricação se torna inviável.

(Fonte da imagem: Thinkstock)

Imagine, por exemplo, um vaso sanitário feito de plástico. Além de ser complicado projetar todos os moldes que darão origem a um trono, esse material geralmente cede um pouco. Assim, quando a natureza chama abruptamente, você realmente desabaria sobre um objeto desses achando que ele pode se romper sob o seu... Peso?

O que dizer dos modelos de aço? Esses vasos são fáceis de limpar, impermeáveis, resistentes e, dependendo da decoração, até mesmo estilosos. Entretanto, eles são extremamente sensíveis à temperatura ambiente e, se você morar em alguma região fria, prepare-se para congelar o traseiro.

A imbatível e barata porcelana

A gigantesca maioria dos vasos é feita de porcelana porque ela atende a todos os requisitos necessários para tornar um trono eficiente. A matéria-prima utilizada — uma mistura de argila e água — é barata e facilmente manipulável. Depois de moldadas, as peças são levadas a um forno que as torna extremamente resistentes e duráveis. E, por último, as peças recebem uma camada de esmalte, para que fiquem impermeáveis e fáceis de higienizar.

Assim, quando você estiver meditando sobre o troninho, tentando imaginar por que é que todos eles são iguais, lembre-se de que às vezes, por mais que sejamos relutantes, o melhor mesmo é nos mantermos fiéis às tradições.

Fonte: Gizmodo