Os pets também morrem: conheça 4 curiosos cemitérios para animais
35
Compartilhamentos

Os pets também morrem: conheça 4 curiosos cemitérios para animais

Último Vídeo

Muitas pessoas, quando pensam em cemitérios para animais, logo imaginam locais sinistros — provavelmente influenciadas pelo fato de esses locais já terem servido de tema de filmes de terror. Ou você vai dizer que não se lembra de “Cemitério Maldito”, baseado no livro homônimo de Stephen King e embalado pela trilha sonora do Ramones?

No entanto, o fato é que os cemitérios para animais existem na vida real e, embora o cinema tenha criado essa imagem sinistra sobre eles, conforme apontou Matt Hickman do Mother Nature Network, na verdade eles funcionam como local de descanso para bichinhos que foram muito amados por seus donos — portanto, estão longe de ser assustadores. Aliás, alguns cemitérios para pets são bem curiosos e merecem uma visita, como os que você poderá conferir a seguir:

1 – Cimetière des Chiens et Autres Animaux Domestiques

Localizado em Paris, o Cimetière des Chiens et Autres Animaux Domestiques — ou Cemitério de Cães e Outros Animais Domésticos em tradução livre — está entre os cemitérios formais para pets mais antigos do mundo, e foi fundado em 1899, graças à iniciativa de um jornalista e um advogado.

A dupla teve a ideia de criar o cemitério depois que uma lei passou a proibir que os parisienses enterrassem seus animais de estimação onde bem entendessem ou, pior, que jogassem seus corpos no rio Sena. E você se lembra do cão Rin Tin Tin? Ele foi um pastor alemão resgatado após a Primeira Guerra Mundial que virou “ator” e chegou a participar em quase 30 filmes. Então, o cachorro ilustre se encontra sepultado no Cimetière des Chiens.

2 – Presidio Pet Cemetery

Tudo bem que o cemitério acima lembra um pouquinho o do filme de terror. No entanto, ele não tem nada de sinistro — e a sua história é bem curiosa. O Presidio Pet Cemetery se encontra sob a jurisdição de um parque nacional de São Francisco, nos EUA, e conta com cerca de 420 sepulturas. Contudo, ninguém sabe ao certo como o cemitério surgiu. Segundo reza a lenda, no século 19, cavalos de guerra e cães de guarda começaram a ser enterrados ali.

Depois, após a Segunda Guerra Mundial, a área passou a servir de base militar e abrigava perto de 2 mil famílias de soldados, das quais muitas tinham animais de estimação, e o cemitério acabou se estabelecendo. Desde os anos 60, os responsáveis pelo parque não permitem que novos bichos sejam enterrados ali, mas fazem vista grossa para os moradores locais que decidem realizar funerais clandestinos à noite, quando não existem vigias por perto.

3 – Los Angeles Pet Memorial Park

O que vem à sua mente quando você pensa em Los Angeles, Hollywood e estrelas de cinema? Pois o Los Angeles Pet Memorial Park é o local onde muitos famosos — como Steven Spielberg, Lauren Bacall, William Shatner, Rodolfo Valentino e Humphrey Bogart — escolheram para sepultar seus animais.

O cemitério foi fundado há 85 anos, e com seus mais de 40 mil metros quadrados, ele é o segundo maior dos EUA. Existem cerca de 40 mil bichos enterrados no LA Pet Memorial Park, e entre eles também é possível encontrar algumas estrelas do Reino Animal, como Tawny, um dos leões que aparecia nas aberturas dos filmes da MGM, e Jiggs, o chimpanzé que interpretava a Chita nos filmes do Tarzan.

4 – Hartsdale Pet Cemetery

Situado em Nova York, o Hartsdale Pet Cemetery foi fundado por um veterinário em 1896, e é o maior cemitério para pets dos EUA. Ele abriga mais de 80 mil animais e, assim como o LA Pet Memorial, Hartsdale também serve de local de descanso eterno para bichos ilustres — como Goldfleck, o filhote de leão de uma princesa húngara meio maluca que morava no Plaza Hotel, em Manhattan —, e que pertenceram a pessoas famosas, como as cantoras Diana Ross e Mariah Carey.

O Hartsdale ainda conta com um memorial dedicado aos cães de guerra que pereceram em batalhas a serviço do Exército dos Estados Unidos, e outra curiosidade é que centenas de pessoas também estão enterradas nesse cemitério.

Isso porque, embora as leis norte-americanas proíbam o sepultamento de animais em campos-santos para humanos, não existem restrições com respeito aos donos que desejam ser enterrados com seus bichos de estimação em cemitérios para pets — contanto que seus corpos tenham sido devidamente cremados.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.