Há cinco dias, a morte do rapaz cuja história inspirou o filme “A Culpa é das Estrelas”, Dalton Prager, comoveu os fãs do livro e do filme. A história narrava o amor de dois jovens, Hazel e Gus, que viviam uma paixão intensa apesar de lutarem contra graves problemas de saúde.

Dalton era portador da bactéria Burkholderia cepacia, extremamente danosa a pessoas com fibrose cística, doença tanto dele quanto de sua esposa, Katie Prager. Infelizmente, com um intervalo de apenas cinco dias da morte de Dalton, Katie também faleceu nesta quinta-feira (22), devido a complicações em decorrência de um transplante de pulmão.

“Dalton lutou uma longa batalha contra a fibrose cística. Ele era um lutador corajoso e desistir não estava em seu vocabulário”, publicou ela no Facebook no dia da morte do marido, no sábado (17).

Sempre juntos

Quem noticiou a morte da jovem foi a mãe dela, Debra Donovan: “Mais cedo nesta manhã, ela realizou o desejo de morrer em casa, na cama dela, cercada por sua mãe, pai, irmão e os cachorros dela, morrendo em paz, longe do hospital e de tubos. Os próximos dias não serão fáceis, mas eu encontro conforto em saber que minha menina viveu, ela realmente viveu”, disse o comunicado, publicado no Facebook.

A morte do casal comoveu fãs dos dois em todo o mundo e, apesar de ser uma perda triste, muitas pessoas dizem que agora os dois estão juntos finalmente. “Respirem facilmente”, disse uma fã.