3 lendas urbanas que de lenda não têm nada
47
Compartilhamentos

3 lendas urbanas que de lenda não têm nada

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Quando pensamos em lendas urbanas, é comum imaginarmos que, como o próprio nome sugere, sejam histórias inventadas e que acabam repercutindo graças à temática sobrenatural, que sempre instiga o imaginário coletivo. Porém, as histórias que você vai conhecer agora de lenda urbana não têm nada – são famosas, assustam e aconteceram de verdade.

1 – As chamadas do além

Em 2008, 25 pessoas morreram em um acidente de trem nos EUA. Os familiares de uma das vítimas, Charles Peck, começaram a ligar para o seu celular, pois sabiam que ele estava no trem. Depois das primeiras tentativas de contato, receberam 35 chamadas vindas do celular de Peck. Infelizmente, o homem foi encontrado morto em meio às ferragens. Até hoje ninguém conseguiu descobrir quem fez as ligações para os familiares da vítima.

2 – O elevador macabro

Morrer prensado na porta de um elevador parece ser coisa de filme de terror, convenhamos. Em 2003, no entanto, o médico residente Hitoshi Nikaidoh ficou preso no elevador do hospital onde trabalhava e, para piorar a situação, o equipamento continuou a subir. A cabeça do médico foi cortada ao meio e, como se tudo não fosse assustador o suficiente, metade dela ficou do lado de dentro do elevador, onde uma enfermeira precisou ficar mais de uma hora até que o resgate chegasse.

3 – Suicídio com serra elétrica

David Phyall estava decidido a se matar. No entanto, ele queria acabar com a própria vida de uma maneira diferente. Os problemas de Phyall começaram quando o prédio onde ele morava foi condenado e todos os inquilinos, instruídos a ir morar em outro lugar.

Decidido a só sair do apartamento depois de morto, o inquilino prendeu uma motosserra à perna de sua mesa de sinuca, garantindo que o equipamento ficasse ligado. Dessa forma, ele conseguiu cortar a própria cabeça com uma serra elétrica, cumpriu a promessa de só sair de casa depois de morto e sua história é conhecida até hoje.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.