Bizarro: praia que “sumiu” há mais de 30 anos volta a aparecer na Irlanda
1.116
Compartilhamentos

Bizarro: praia que “sumiu” há mais de 30 anos volta a aparecer na Irlanda

Último Vídeo

Eis uma coisa que não vemos desaparecer de uma hora para outra — nem reaparecer como passe de mágica: uma praia inteira. Pois, por mais estranho e bizarro que pareça, foi isso o que aconteceu na ilha de Achill, situada no noroeste da Irlanda. Mas, antes, vamos ao “desaparecimento”!

De acordo com Bec Crew, do site Science Alert, em 1984, o litoral de Achill foi atingido por uma série de tempestades — que “levaram” toda a areia de uma das praias da ilha, a de Dooagh, e restaram apenas as rochas que ficavam embaixo. Veja o panorama que o mau tempo deixou depois de ir embora:

Só pedras

E os habitantes locais foram deixados com isso — uma praia sem areia e onde não era muito confortável esticar a canga para pegar um solzinho ou armar redes para um joguinho de futevôlei básico. Acontece que, como você deve saber, a Irlanda não é estranha às fortes tempestades. E não é que, 33 anos depois de a areia sumir, uma nova onda de mau tempo atingiu a região e a areia voltou a ser depositada no local! Olha só:

São 300 metros de praia!

Mas... como?

O mais curioso é que essa não é a primeira vez que esse “some-aparece” da praia acontece nesse mesmo local. Algo parecido ocorreu no finalzinho do século 19, quando a areia desapareceu por completo — e só foi ressurgir nos anos 30, para sumir de novo algumas décadas depois. Mas como exatamente isso acontece?

Antes e depois – impressionante, não é mesmo?

Conforme explicou o oceanógrafo Ivan Haigh, da Universidade de Southampton, na Inglaterra, a Brett Gibbons, do site The Weather Channel, em abril deste ano, por volta das festividades da Páscoa, uma onda de frio e chuvas atingiu a costa de Achill, e os fortes ventos vindos do norte, em conjunto com a ação do mar, devem ter trazido a areia de outro lugar e a depositado sobre a rocha — toneladas e mais toneladas dela ao longo de um período de 10 dias.

Segundo Ivan, a areia presente na costa da ilha se encontra em um estado de constante mudança, sendo transportada por tempestades, pelo vento e pelas ondas do mar. Além disso, a dinâmica toda é afetada pela disponibilidade de sedimentos em outras linhas litorâneas — algumas situadas a 100 quilômetros de distância.

Assim, a força da tempestade e das ondas, flutuações ao longo das décadas, possíveis alterações climáticas e a possibilidade de que tenha ocorrido alguma variação no fornecimento de areia ofereceram as condições ideais para que o depósito acontecesse. O mais legal é que, ao contrário de nós, que vamos de cara ao inverno, o continente europeu vai sentido ao verão — e a população de Achill poderá desfrutar do calorzinho em uma praia nova em folha.

***

O Mega está concorrendo ao Prêmio Influenciadores Digitais, e você pode nos ajudar a sermos bicampeões! Clique aqui e descubra como. Aproveite para nos seguir no Instagram e se inscreva em nosso canal no YouTube.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.