7 maneiras curiosas de ganhar dinheiro com cocô
284
Compartilhamentos

7 maneiras curiosas de ganhar dinheiro com cocô

Último Vídeo

A grana está curta e você já não tem mais para quem pedir dinheiro emprestado? O salário acabou, mas o mês não chegou nem no dia 10? Cansado das contas de água, luz, telefone e condomínio que não param de aumentar? Nós temos a solução!

Abaixo, nós daremos sete dicas de como ganhar dinheiro com o cocô! É isso mesmo! As fezes não precisam mais ir para o esgoto, e não é mais necessário você dizer que está na m**da em um sentido pejorativo. E vale de tudo: desde seu próprio excremento até o de cachorro e outros animais.

1. Doador de fezes

Comer cocô não parece ser uma das coisas mais agradáveis do mundo, não é mesmo? Porém, esse é um tipo de tratamento para quem adquire a bactéria Clostridium difficile, normalmente em hospitais, que pode provocar uma grave infecção gastrointestinal. Através de cápsulas de cocô de indivíduos saudáveis, o intestino de quem está com essa bactéria pode se normalizar. Doadores ganham até US$ 40 por dia para fazer cocô com supervisão médica!

Gráfico mostra quantas pessoas você pode ajudar com sua doação

2. Ensinando a defecar

Já falamos anteriormente que a maioria do povo do Ocidente faz o número “dois” de maneira errada: sentar no vaso sanitário não é a melhor opção para defecar. O correto, segundo cientistas, é fazer de cócoras. Algumas empresas estão ganhando dinheiro criando suportes para você apoiar os pés enquanto está sentado no trono, deixando sua posição mais confortável com a natureza humana.

Apoiadores de pés te colocam na posição correta para defecar

3. Catador de cocô

Ter um bichinho de estimação é uma delícia, mas muita gente detesta a hora da limpeza – principalmente se o seu animal for de grande porte. Por isso, algumas empresas nos EUA já trabalham limpando os dejetos dos animais, seja os feitos em caixa de areia ou no quintal. E elas cobram de US$ 15 a US$ 35 por semana para atender cada cliente.

Serviço de coleta poupa o trabalho dos donos em limpar o canil ou a caixa de areia de seus animais

4. Fazer arte

“Mas que bo**a é essa?”. Certamente você já se perguntou isso ao ver alguma obra de arte que você não compreendeu muito bem, não é mesmo? Porém, essa frase pode ser aplicada em outros sentidos. Em 2013, por exemplo, uma galeria de San Francisco (EUA) expôs apenas obras feitas com dejetos de animais. E os preços poderiam chegar a US$ 3,5 mil – mais de R$ 11 mil!

Um mapa-múndi bem cheiroso

5. Fertilizante

Alguns animais como os coelhos fazem seus cocôs com quase nada de cheiro ruim. Assim, é possível “reciclar” esse material como adubo. Alguns criadores recomendam, inclusive, preparar uma espécie de “chá”, com água e fezes desses bichinhos, para regar as plantas.

"Chá" de cocô de coelho? Sim, é uma alternativa rentável

6. Construir casas

Na Indonésia, uma empresa está propondo fazer tijolos a partir do esterco das vacas. O produto seria 20% mais resistente que o feito à base de argila – e muito mais prático e barato. Além do que, você poderia morar em uma casa ainda mais sustentável. O que você acha?

Que tal aproveitar o esterco das vacas para fazer tijolos?

7. Reciclar papel

Alguns animais não digerem muito bem algumas fibras. Por isso, uma empresa da Tailândia está retirando esse material dos dejetos para produzir papéis reciclados à base de cocô! E dá para fazer todo tipo de arte: de bloquinhos a revistas.

"Blococô" de anotações: feito com papel reciclado

*Publicado em 16/2/2017

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.