O manequim é quem está lhe encarando. (Fonte da imagem: Divulgação/Almax)

Quem gosta de ficar encarando as formas esbeltas de manequins por vitrines de várias lojas provavelmente nunca imaginou que esses “bonecos” podem estar vigiando tudo o que o cliente faz. Na Itália, alguns estabelecimentos já estão adotando a tecnologia chamada EyeSee, que consegue reconhecer algumas características das pessoas que passam e olham o que o manequim está vestindo.

Na verdade, o dispositivo da Almax não reconhece a pessoa de fato, mas sim a sua faixa de idade, gênero e algumas características étnicas. Com isso, a loja que desembolsa cerca de R$ 10,2 mil para ter o dispositivo na sua vitrine pode traçar o perfil de seus potenciais clientes com mais precisão.

A fabricante dos manequins EyeSee diz que já vendeu os dispositivos para vários varejistas da Europa e também dos EUA. A intenção dessas empresas é, normalmente, planejar estratégias de marketing mais direcionadas para quem já se interessa pelo que vê na frente da loja.

Mesmo apresentando e vendendo os manequins espiões para várias empresas, a Almax preferiu não revelar o nome de nenhuma delas.