Se os aliens realmente existem, eles devem ser enormes, diz cientista
205
Compartilhamentos

Se os aliens realmente existem, eles devem ser enormes, diz cientista

Último Vídeo

Além de desbravar o Universo e estudar outros astros, um dos objetivos da exploração espacial, sem dúvida, é o de descobrir se existe vida em outros planetas. Pois de acordo com Douglas Main do site Newsweek, Fergus Simpson, cientista da Universidade de Barcelona, acredita que se essa vida for inteligente, então é muito provável que os alienígenas sejam muito, muito grandes — em comparação com os seres humanos.

Segundo Douglas, recentemente Simpson apresentou um estudo baseado em um modelo matemático apoiado — entre vários fatores — na mesma lei de conservação de energia que rege os seres vivos aqui na Terra. Essa regra dita que animais maiores precisam de mais recursos e gastam mais energia e, portanto, são menos abundantes.

Abundância de pequeninos

Seguindo a lei de conservação de energia, é por essa razão que no nosso planeta existe uma enorme quantidade de bichos pequenos, como as formigas, por exemplo, mas muito menos animais como as baleias ou os elefantes. Desta forma, Simpson defende que, assumindo que existem muitos mundos como o nosso pelo Universo, as formas de vida pequeninas, tal como ocorre aqui na Terra, também são muito mais abundantes.

Além disso, segundo o cientista, considerando que o número de planetas habitados por criaturas predominantemente pequenas seja maior do que o de planetas ocupados por animais de grande porte, isso significa que os terráqueos provavelmente estão entre os menores seres inteligentes que existem por aí.

Poucos grandalhões

Simpson alega que para que uma criatura inteligente possa se desenvolver, provavelmente é necessário que ela tenha um tamanho mínimo, e com base nas dimensões dos animais que existem na Terra, o cientista calculou qual seria a distribuição mais provável de organismos em outros planetas. Aliás, segundo disse, se existir vida em outros mundos, sua distribuição provavelmente reflete a mesma que temos aqui no nosso planeta.

Mas você deve estar se perguntando sobre quão grandes seriam os alienígenas afinal! Com base em seu modelo matemático, o cientista estimou que se outros mundos forem habitados por seres inteligentes, é provável que esses alienígenas sejam bem maiores do que nós, meros terráqueos — e pesem, em média, 300 quilos. E você não ia querer entrar em uma guerra intergaláctica com esses extraterrestres, não é mesmo?

De volta à nave mãe

Outros cientistas que avaliaram o estudo de Simpson concordaram que as estimativas são razoáveis, e pesquisas anteriores já sugeriram que se existirem alienígenas inteligentes pelo cosmos, eles provavelmente seriam maiores do que os humanos — afinal, organismos maiores contam com um ciclo de vida mais longo, e seria necessário tempo para que criaturas pudessem desenvolver a tecnologia necessária para contatar os terráqueos.

Por outro lado, outros pesquisadores apontaram que o modelo deixou de incluir diversos aspectos importantes, como a correlação entre a massa corporal e força gravitacional em outros mundos, por exemplo. Nesse caso, em planetas nos quais a gravidade é mais poderosa, possivelmente existiriam criaturas menores — e vice-versa.

Além disso, o estudo de Simpson desconsiderou qualquer teoria evolutiva — afinal, os humanos, apesar de serem os seres mais inteligentes do planeta, não são os maiores organismos que habitam nele —, e simplesmente se baseou na Terra como modelo e nos animais que existem por aqui. De qualquer forma, a pesquisa é fascinante, e não deixa de ser divertido especular sobre como os aliens seriam.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.