141
Compartilhamentos

De boa na lagoa: nova prática de ioga vira febre nos Estados Unidos

Imagine você em uma fazenda, ao ar livre, a brisa passando suave em seu rosto, sons de pássaros ao redor, folhas no chão; apenas você, a natureza e sua meditação.

Daí, de repente, você sente um forte puxão e pensa: será que minha meditação está tão forte assim? Então, abre olho e se depara com uma cabra comendo seu cabelo. Isso te incomodaria? Pois para um pessoal de Oregon e de outros lugares dos Estados Unidos, isso é pura diversão.

Neste mundo corrido de “meu Deus”, as pessoas procuram cada vez mais métodos diferentes para aliviar o estresse e poder relaxar um pouco. Um dos caminhos possíveis é a ioga, que é um conceito de disciplinas físicas e meditativas nascido na India e ligadas ao hinduísmo.

Entretanto, uma nova moda, surgida nos Estados Unidos, tem chamado a atenção: a prática de ioga com cabras. Mas não é qualquer tipo de cabra, não! Trata-se da Cabra Anã Nigeriana, que, além de ser muito fofínea, mostrou-se bem útil à prática da atividade.

Tudo começou com Lainey MORSE, a criadora do “goat yoga”, quando ela resolveu levar as atividades para sua fazenda. Uma das condições impostas por ela no início das atividades é que os animais tivessem livre acesso, mesmo em meio às pessoas. Não demorou muito tempo para a prática viralizar nos EUA.

Não é difícil perceber o quanto as cabras se sentem à vontade no lugar. A ioga torna-se um prato-cheio para elas, que adoram subir nos alunos, comer seus cabelos, lamber seus rostos, além de deixar alguns dejetos nos colchonetes – afinal, quando a natureza chama, não existe quem possa correr.

Mas tudo isso não é nenhum problema para os alunos, que gostam da companhia dos bichinhos. Em uma turma com 20 pessoas, por exemplo, participam em torno de 15 cabras – 4 mães e 11 filhotes, o que torna a aula balanceada, sem exageros de nenhuma parte.

Segundo Lana Meredith, instrutora de ioga, a presença desses animais provenientes da África Ocidental é de extrema importância, pois equivale à terapia com animais domésticos, o que ajuda muito na diminuição do estresse.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.