(Fonte da imagem: Reprodução/Patoatomico)

É bem provável que nada de diferente aconteça quando você sai de casa para dar um passeio descompromissado, mas com Yevgeny Salinder foi diferente. O garoto, que tem 11 anos e mora no norte da Rússia, foi caminhar na beira do Rio Yenisei e começou a sentir um cheiro estranho, até que viu algo saindo do solo.

É lógico que ele foi ver o que era essa “coisa” estranha e acabou descobrindo um mamute congelado — na verdade, ele viu apenas os tornozelos do animal. Os especialistas que examinaram o espécime puderam confirmar que ele era um macho, que morreu há 30 mil anos com 15 ou 16 anos de idade.

Além disso, os estudiosos alegam que esse é o mamute descoberto em melhor estado de conservação desde 1901 — e foi necessário apenas um passeio para que ele fosse achado.

Fonte: DiscoveryNews