Como é que as girafas conseguem se equilibrar sobre suas longas pernas?
03
Compartilhamentos

Como é que as girafas conseguem se equilibrar sobre suas longas pernas?

Último Vídeo

Você alguma vez parou para pensar em como as girafas fazem para se equilibrar sobre suas “perninhas” longas e finas? Afinal, esses animais são enormes e chegam a pesar uma tonelada, dando a impressão de que as patas podem ceder a qualquer momento. Pois segundo o Live Science, uma pesquisa recente esclareceu esse curioso mistério, revelando como é que os membros das girafas conseguem suportar tanto peso.

Para entender o funcionamento das pernas, os cientistas utilizaram membros doados a partir de girafas que morreram em cativeiro na Europa ou tiveram que ser sacrificadas por motivos independentes à pesquisa. As pernas foram colocadas em um suporte e submetidas a uma prensa hidráulica exercendo aproximadamente 250 quilos para simular o peso que cada membro normalmente deve suportar em condições normais.

Todos os membros se mantiveram firmes e fortes mesmo sem o suporte de qualquer músculo, demonstrando serem capazes de aguentar ainda mais peso do que isso antes de desmoronar. De acordo com os cientistas, além de terem ossos alongados nas pernas, as girafas também estão equipadas com um tipo de tecido conjuntivo chamado ligamento suspensório.

Ligamento suspensório

Esse tecido é elástico, diferente do músculo e permite que os animais dependam menos da musculatura para suportar o seu peso, ao mesmo tempo em que os ajuda a conservar mais energia. Os cientistas também acreditam que os ligamentos previnem que as juntas dos pés das girafas se estendam demais e provoquem quedas.

Além disso, os pesquisadores também pensam que a explicação dos ligamentos oferece um vislumbre sobre a forma como esses animais evoluíram de espécimes baixos, semelhantes aos antílopes, para as criaturas enormes e de pernas longas de hoje em dia. As girafas são os animais mais altos do planeta e podem medir até 5,5 metros de altura, enquanto suas pernas chegam a aproximadamente 1,8 metro cada uma.

Segundo os pesquisadores, provavelmente foram os ligamentos suspensórios que permitiram que as girafas alcançassem o tamanho que têm hoje ao longo de sua evolução, e suas longas — e incomuns — pernas são uma das razões que permitem que esses animais suportem tanto peso. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.